quarta-feira, junho 19, 2024
More

    Siga o Marreta Urgente

    Últimas Postagens

    Guaíba volta a ficar abaixo de 4m. Há chance de ciclone extratropical

    O nível do Guaíba voltou a ficar abaixo dos 4 metros nesta segunda-feira (27/5). Segundo medição feita às 8h15 pela Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA), a água está em 3,96 metros. A cota de inundação, no entanto, é de 3 metros.

    Com o retorno das chuvas fortes na última sexta-feira (24/5), o Guaíba havia voltado a ultrapassar os 4 metros. As águas atingiram a Região Metropolitana de Porto Alegre, Rio Grande do Sul, chegando a marcar 4,05 metros, às 13h15.

    A baixa do Guaíba, porém, está ameaçada pela previsão de outro episódio de chuva forte nos três estados da Região Sul do Brasil. Nesta segunda-feira, de acordo com o Climatempo, instabilidades associadas ao processo de formação de um ciclone extratropical no oceano, próximo à costa, vão favorecer muitas nuvens carregadas na faixa leste da região. Há alto risco de temporais, com raios e rajadas de vento forte.

    “A condição de temporais é alta, entretanto, não há indicativo de volumes extremos. Os maiores acumulados ficam concentrados no litoral sul e norte, com cerca de 50mm previstos. Grande Porto Alegre pode receber cerca de 40mm no decorrer desta segunda”, detalha o Climatempo.

    Desta vez, a chuva também aumenta em Santa Catarina e no Paraná. O risco de temporais é alto para o leste e litoral dos dois estados. Regiões como Florianópolis, Rio do Sul, Criciúma, Chapecó, Curitiba, Guarapuava e Paranaguá ficam no risco de chuva persistente e forte.

    Balanço das enchentes

    As ruas de Porto Alegre voltaram a enfrentar as inundações na última semana. Segundo o Instituto de Pesquisas Hidráulicas (IPH) da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), o nível da água deve manter-se elevado na casa dos 4 metros nos próximos dias devido ao vento sul no fim de semana e aos volumes afluentes dos rios na próxima semana, resultado das chuvas.

    Até o momento, 56 pessoas seguem desaparecidas e 469 municípios estão afetados pelas enchentes. Mais de 77 mil pessoas foram resgatadas, e 169 morreram. As informações são do boletim da Defesa Civil do Rio Grande do Sul.

    Deixe seu comentário

    Siga o Marreta Urgente

    Latest Posts

    Informe Publicitário

    Jornalismo Morreu ou foi assassinado ?

    BRASIL