Garota de programa recusa pedido de casamento é  agredida e foge pelada pelo telhado

Garota de programa recusa pedido de casamento é agredida e foge pelada pelo telhado

Uma garota de programa foi agredida por um homem após recusar um pedido de casamento na noite de sábado, em Santa Maria-RS.

O caso aconteceu por volta das 22h50min, em uma residência na Rua Goiânia, no Bairro Noal. A vítima de 33 anos ficou ferida e fugiu pelo telhado da casa para pedir ajuda.  

Conforme a Brigada Militar (BM), os policiais encontraram a vítima em cima do telhado, seminua, com ferimentos no rosto, na cabeça e no pescoço. Ela teria relatado aos policiais que era garota de programa e estava como acompanhante do homem, de 42 anos, com quem saía de vez em quando.

O suspeito teria pedido a vítima em casamento e, segundo ela, teria se recusado a aceitar o casamento, já que acha o homem feio. Inconformado com a resposta da mulher, o suspeito teria pego uma garrafa quebrada e a agrediu. 

Para se defender a mulher contou que fugiu pulando de telhado em telhado pedindo socorro aos vizinhos, que chamaram a BM.

A vítima foi encaminhada ao Pronto-Atendimento (PA) Municipal, pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), para atendimento médico, onde ficou internada. 

O homem foi detido e encaminhado à Delegacia de Polícia de Pronto-Atendimento (DPPA), onde foi preso em flagrante e levado à Penitenciária Estadual de Santa Maria (Pesm). 

Redação com Bei

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Destaques

Criciúma: Quadrilha usou 10 carros, fuzis e explosivos

O ataque que aterrorizou Criciúma, no sul de Santa Catarina, contou com a participação de cerca de 30 criminosos, que estavam em 10 veículos. Fortemente armados, os bandidos usaram ao menos 200

Destaques 0 Comentários

Desenvolvimento de novos projetos de negócios

Para quem deseja começa ou refazer o modelo de negócio da sua empresa para crescer no mercado e ao mesmo tempo desenvolver uma postura mais empreendedora, o Sebrae realiza o

RONDONÓPOLIS

COVID-19 – Município já conta com quatro unidades do Sentinela com atendimento inclusive no terceiro turno

A Prefeitura de Rondonópolis busca a cada dia novas alternativas de atendimento de saúde para agilizar o diagnóstico da covid-19 e com isso iniciar o tratamento precoce contra a doença. Para