ESPOSA DETONA “MARIDO VEREADOR”, QUE VOTOU CONTRA OS 30 MILHÕES PARA SAÚDE

ESPOSA DETONA “MARIDO VEREADOR”, QUE VOTOU CONTRA OS 30 MILHÕES PARA SAÚDE

A esposa de um vereador de Rondonópolis, ficou indignada com a manobra realizada na Sessão Extraordinária da Câmara (PUXADINHO DE ZÉ DO PÁTIO) Municipal de Rondonópolis, na segunda-feira (17), que manteve o veto sobre o projeto que destinava recursos federais de R$ 30 milhões para a saúde no município.

Em uma conversa de WhatsApp, que a reportagem do Marreta Urgente teve acesso, a esposa do parlamentar se diz indignada e não concordou com a votação. Segundo a fonte ela ainda teria dito que “o vereador sequer conversou com a família sobre o assunto e que ele é muito influenciado pelo prefeito Zé Carlos do Pátio, porém o gestor municipal nem liga a mínima para o vereador”.

A informação é de que existe uma divisão politica na família, e que a exemplo dela muitos não irão acompanhar o apoio que o vereador dará a pretensa reeleição do atual gestor municipal.

Print da Conversa

O vereador é da base do prefeito, e foi muito bem votado em 2016, no entanto agora terá que contornar a rejeição de Pátio, inclusive no seio familiar. 

Redação

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Notícias

Se pudessem optar: 29% tomariam vacina AstraZeneca e 24% CoronaVac

Se pudessem escolher, 29% da população brasileira tomaria a vacina contra a covid-19 desenvolvida pela farmacêutica AstraZeneca em parceria com a Universidade de Oxford. Outros 24% dizem querer a CoronaVac, produzida pelo Instituto Butantan, em

Destaques 0 Comentários

MAIS UMA DERROTA: TSE NEGA RECURSOS PARA SUSPENDER DECISÃO QUE CASSOU CHAPA DE SELMA

O ministro do Tribunal Superior Eleitoral, Og Fernandes, negou recursos ordinários protocolados pelo Partido Social Liberal (PSL) – Nacional e pela segunda suplente ao cargo de senadora, Clerie Fabiana Mendes,

RONDONÓPOLIS 0 Comentários

Músicos querem mudanças na Lei do Silêncio em Rondonópolis

Um grupo de músicos de Rondonópolis esteve na Câmara Municipal de Vereadores, na Sessão Ordinária realizada quarta-feira (17), para pedir apoio dos parlamentares e também a realização de uma Audiência