Engenharias podem ser opção promissora para o pós-crise

Engenharias podem ser opção promissora para o pós-crise

Polo Uninter de Rondonópolis oferece os cursos de Engenharia Elétrica, Produção e da Computação na modalidade à distância

O setor industrial já tinha dificuldades de encontrar mão de obra qualificada, antes mesmo da pandemia. Segundo levantamento divulgado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), metade das fábricas do país sofre para encontrar profissionais aptos. Os cargos de produção são os mais difíceis de ocupar, 96% das empresas reportaram ter dificuldade em contratar operadores qualificados. Para 77% delas, encontrar engenheiros é um desafio.

A retomada da economia após a crise atual pode ser uma oportunidade para ingresso no mercado industrial. “Este é um alerta que fazemos aos nossos alunos das engenharias, pois quando a economia voltar a crescer, a mão de obra especializada vai ser crucial para a retomada”, afirma Moacyr Paranhos, diretor da Escola Politécnica do Centro Universitário Internacional Uninter.

Qualificação como oportunidade

Paulo Cesar Resende da Silva e Jhonatas da Silva Valério se formaram este ano e são os dois primeiros alunos do curso de Engenharia Elétrica do polo de Rondonópolis (MT) a conquistar o tão sonhado diploma.

Eles realizaram o curso em busca de crescimento pessoal e profissional. “Acredito que agora terei mais oportunidades dentro da empresa em que trabalho. Investir em educação é uma forma de abrir portas”, comenta Silva, que é chefe de Equipe de Manutenção Elétrica de uma usina hidrelétrica no município de Itiquira (MT). “Conseguir diplomação em Engenharia Elétrica com Habilitação Plena em Eletrônica, Telecomunicações e Eletrotécnica, foi a realização de um sonho”.

Valério, instrutor de formação profissional em eletrônica do Senai, já tinha um curso técnico em mecatrônica, mas foi buscar na graduação, mais conteúdo para seus alunos. “Muitas pessoas buscam cursos para crescer na indústria. Desde o começo do curso de Engenharia Elétrica usei o que aprendia para ensinar os outros. A Uninter veio para somar e aumentar o meu nível de conhecimento”, afirma.

Paranhos explica que curso de graduação em Engenharia Elétrica é uma das formações com alta demanda na indústria. O curso é voltado ao desenvolvimento de componentes, dispositivos, sistemas e equipamentos eletrônicos, como transistores e circuitos integrados. “Os conteúdos são voltados para o que está acontecendo no mercado hoje, visando atender as demandas atuais e futuras”, completa.

Uninter Rondonópolis

Av. Sagrada Família, 1700 – Vila Aurora Mais informações (66) 3422-5323 – 9 9977-2867

Talvez você também goste

Destaques 0 Comentários

Grupo político de Mauro Mendes deixa PSB e amplia sua força política em MT

Valtenir assumiu o PSB em MT numa articulação associada a uma intervenção do grupo político de extrema esquerda do PSB nacional, o grupo é ligado ao PT e está sob

Notícias 0 Comentários

Morte de Panakire completa 3 anos sem decisão da Justiça

Após fazer compras no supermercado Atacadão em Rondonópolis, Gilmar  Panakire, de 27 anos, indígena que morava na aldeia Córrego Gomes Carneiro, zona rural, no município de Santo Antônio do Leverger,

RONDONÓPOLIS 0 Comentários

JORNALISMO EM LUTO: PAULO MELLO MORRE AOS 68 ANOS APÓS SOFRER INFARTO

O jornalista Paulo Mello de 68 anos, que estava internado desde 20 de abril na Santa Casa de Rondonópolis após ter sofrido um infarto, faleceu na madrugada desta terça feira