quinta-feira, fevereiro 22, 2024
More

    Siga o Marreta Urgente

    Últimas Postagens

    Diversos setores criticam MP de Haddad para revisar desoneração da folha: ‘Não é razoável’

    Em nota divulgada na tarde desta quinta-feira (28), o “Movimento Desonera Brasil”, que reúne representantes de 17 setores da economia, criticaram a decisão do Governo Lula (PT) de revisar as regras para a desoneração da folha de pagamento de empresas.

    Os 17 setores da economia brasileira empregam aproximadamente 9 milhões de pessoas.

    O movimento disse na nota que a medida traz “insegurança jurídica para as empresas e para os trabalhadores já no primeiro dia do ano de 2024”.

    O retorno de forma gradual da cobrança de impostos sobre a folha de pagamentos de 17 setores intensivos em mão de obra faz parte da tentativa do governo de arrecadar mais dinheiro ao Executivo no ano que vem.

    O movimento avaliou que a MP anunciada por Fernando Haddad (PT), ministro da Fazenda, contraria uma “decisão soberana do Congresso Nacional”.

    “Não é, em absoluto, razoável que ela [prorrogação da desoneração] seja imediatamente alterada ou revogada por meio de uma MP, contrariando uma decisão soberana do Congresso Nacional, ratificada pelas duas Casas na derrubada ao veto presidencial. Além disso, a MP traz insegurança jurídica para as empresas e para os trabalhadores já no primeiro dia do ano de 2024”, diz a entidade na nota.
    De acordo com o “Movimento Desonera Brasil”, “eventuais propostas alternativas sobre a tributação da folha de pagamento” devem ser encaminhadas por meio de projetos de lei — discutidos com menos celeridade, em relação às medidas provisórias (MPs).

    “Isso, sim, permitirá um debate produtivo sobre as diversas alternativas e o alcance da melhor solução para o Brasil a longo prazo”, afirma a nota.

    Deixe seu comentário

    Siga o Marreta Urgente

    Latest Posts

    Informe Publicitário

    AMOR ALÉM DA VIDA

    Jornalismo Morreu ou foi assassinado ?

    BRASIL