Foto: BBC/NEWS DIRETOR DA CODER TENTA    JUSTIFICAR “GRAMA SECA” E CONFESSA “EXTERMINAÇÃO DE COBRAS”

DIRETOR DA CODER TENTA JUSTIFICAR “GRAMA SECA” E CONFESSA “EXTERMINAÇÃO DE COBRAS”

Diretor de Urbanismo da Coder, Oderly Marim de Abreu, o” Xaxim

Na tentativa de justificar em grupos de WhatsApp sobre o estado da grama que estava seca em uma das cargas recebidas em Rondonópolis, o Diretor de Urbanismo da Coder, Oderly Marim de Abreu, o” Xaxim”  que foi o responsável por receber a carga de grama seca, acabou falando sobre um suposto crime ambiental ocorrido na limpeza de área verde em um bairro da cidade.

Segundo o áudio foram mortas 27 cobras venenosas, quando da limpeza do terreno para o plantio da grama

Ouça o áudio:

Acontece que de acordo com o artigo 29 da Lei 9.605, quem for pego matando animais silvestres pratica crime ambiental.

Art. 29. Matar, perseguir, caçar, apanhar, utilizar espécimes da fauna silvestre, nativos ou em rota migratória, sem a devida permissão, licença ou autorização da autoridade competente, ou em desacordo com a obtida. Pena – detenção de seis meses a um ano, e multa.

Dessa forma é preciso identificar se na ocasião foi comunicado ao órgão responsável para que se fizesse presente uma equipe de captura dos animais peçonhentos como as cobras, para destinar as mesmas ao local de preservação ambiental.

A cobra é um animal cercado de medos e superstições, porém ao eliminar as cobras, também eliminamos um predador importante dos ratos, considerados uma praga nociva. Dependendo da cobra, ela pode comer até 15 ratos em uma semana.

Basta imaginar o efeito de desequilíbrio se a bel prazer começarmos a matar em média 27 cobras por bairros de Rondonópolis que somam mais de 60, logo teremos uma infestação de roedores.

Obviamente que a forma como a limpeza do terreno foi realizada seja por roçadores ou por trator influência em visualizar os animais, no entanto é preciso um planejamento para que a preservação da fauna aconteça sem risco de desequilíbrio ambiental.

Redação

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Mato Grosso

Mãe se desespera após filho queimar o olho com álcool gel: “Tremia de dor”

Assim como as máscaras faciais, o álcool em gel se tornou parte da rotina da maioria das pessoas ao redor do mundo por conta do novo coronavírus. A aplicação do

RONDONÓPOLIS

R$ 100 Milhões: Assaí investirá em Rondonópolis na construção da maior loja da rede em MT

O Gerente de Departamento Industrial e Comercial da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Social de Rondonópolis, Hermes Antônio Moriggi, intermediou uma reunião entre representantes do Grupo Pão de Açúcar/Rede

RONDONÓPOLIS

30 MILHÕES| CÂMARA MANTÉM VETO, PÁTIO USARÁ OS RECURSOS EM OUTRAS ÁREAS

A Câmara(PUXADINHO DE ZÉ DO PÁTIO) Municipal de Rondonópolis, em Sessão Extraordinária nesta segunda-feira (17) manteve o veto sobre o projeto que destinava recursos federais de R$ 30 milhões para

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Você pode ser o primeiro a comente este post!

Deixa uma resposta