Desenvolve MT disponibiliza linha de crédito emergencial para MEI e microempresas

Desenvolve MT disponibiliza linha de crédito emergencial para MEI e microempresas

Limite de crédito é de R$ 10 mil e o prazo do financiamento de até 48 meses, incluindo carência de até 12 meses, com taxa de juros 1,2% ao mês

O Governo de Mato Grosso, por meio da Agência de Fomento do Estado de Mato Grosso – Desenvolve MT disponibiliza duas linhas de crédito especiais: Capital de Giro Emergencial e Fungetur Giro, ambas com taxa de juros reduzida e maiores prazos de carência. A primeira é voltada para os microempreendedores individuais e microempresas com até 12 meses de atividade. E a segunda para empreendedores do trade turístico, entre eles hotéis, pousadas, bares, restaurantes e similares, segmento fortemente impactado pela crise. A medida visa o enfrentamento dos impactos financeiros provocados pela pandemia da covid-19 na economia.

Na linha Capital de Giro Emergencial o limite de crédito é R$ 10 mil, com prazo do financiamento de até 48 meses, incluindo carência de até 12 meses, e uma taxa de juros 1,2% ao mês, com bônus de adimplência de 20%.

O analista Fábio Apolinário da Silva, da Gerência de Competitividade Empresarial e Territorial do Sebrae em Mato Grosso, ressalta que esta é uma linha de crédito com condições muito boas, melhores até do que as opções nacionais que estão sendo ofertadas. Ele destaca ainda o fato de a linha de crédito permitir também o uso de avalista com renda como garantia do crédito, mas reforça que o empreendedor não pode ter nenhuma restrição cadastral.

No entanto, o técnico esclarece que antes de buscar qualquer tipo de linha de crédito, mesmo as emergenciais cujas condições são mais vantajosas, o empresário precisa fazer uma estimativa de receita para os próximos três ou quatro meses para avaliar se realmente precisa de crédito.

Outra orientação dele é cortar todas as despesas que já vinham onerando os custos da empresa mesmo antes da crise se acentuar. Além disso, renegociar os prazos com os fornecedores visando reduzir ao máximo as obrigações mensais da empresa.

“Se, mesmo assim, o empresário chegar à conclusão que ainda precisa de recursos financeiros, aí sim é aconselhável buscar o crédito e usar o prazo de carência”.

Na próxima quarta-feira (06/05), às 17h, no canal do YouTube do Sebrae Mato Grosso (https://www.youtube.com/user/SebraeMatoGrosso) haverá uma live sobre o assunto com a participação de dois técnicos do Desenvolve MT.

Fungetur

Para ter acesso ao financiamento da linha Fungetur Giro é necessário que a empresa tenha o selo do Cadastur (Cadastro Prestadores de Serviços Turísticos) e doze meses de atividades.

O valor do crédito é de até R$ 100 mil, com taxa de juros de 5,00% ao ano, mais o INPC. O prazo do financiamento também é de até 48 meses e a carência de até 12 meses.

O atendimento presencial ao público é feito por agendamento, de segunda à sexta-feira, das 9h às 13 horas. É possível acessar também os canais por telefone e virtuais.

(65) 98421-2133 / 98411-2433 / 98421-4284 / 98421-0716 ou [email protected] 

Assessoria

Talvez você também goste

Destaques 0 Comentários

PROFESSOR SIDNEI E URBANISTA DA CODER VISITAM FUTURA PRAÇA NO BAIRRO JD. BELO HORIZONTE

O vereador professor Sidnei (PDT) esteve nesta terça feira (25), em companhia do diretor do Departamento de Urbanismo da Coder- Oderli Xaxim, no bairro Jardim Belo Horizonte para traçar planejamento

Destaques

Ferrogrão: MPF diz que é necessário consultar povos indígenas

O Ministério Público Federal (MPF) divulgou nesta segunda-feira (24) nota técnica com o objetivo de reafirmar o direito à consulta prévia, livre e informada dos povos indígenas e comunidades tradicionais

RONDONÓPOLIS

COMÉRCIO ABRE AS PORTAS EM RONDONÓPOLIS

Um grande desencontro e falta de informações, essa é a realidade no comércio de Rondonópolis na manhã desta sexta-feira (26). A duvida é sobre a prevalência de uma decisão do