Deputado Thiago Silva cobra chamamento de concursados da Politec

Deputado Thiago Silva cobra chamamento de concursados da Politec

O deputado estadual Thiago Silva (MDB) esteve junto da sua equipe técnica reunidos com servidores da Politec Regional Sudeste/Sul em Rondonópolis para ouvir as principais demandas da instituição.

Durante a reunião, os servidores da Politec fizeram reivindicações para que o deputado possa fazer indicações no Estado sobre a necessidade do chamamento dos concursados para auxiliar no trabalho, que aumentou muito nos últimos anos.

“Iremos trabalhar para garantir melhorias no atendimento da Politec e também no chamamento dos concursados que irão somar nos esforços realizados pela instituição. Contem com o nosso trabalho para melhorar a estrutura das unidades a convocação dos concursados”, disse o deputado Thiago.

O parlamentar informou que recentemente esteve com o Presidente da Assembleia Max Russi e representantes do sindicato da categoria para debater a ampliação do quadro de funcionários efetivos.

Sobre as funções da Politec, o Perito Criminal Oficial é quem realiza o exame de corpo de delito e as outras perícias, ou seja, examina os vestígios coletados pessoalmente em local de crime, bem como aqueles vestígios encaminhados pelas autoridades fazendo relação com a ação.

Assessoria

Sobre o Autor

Talvez você também goste

RONDONÓPOLIS

“Birra” do Prefeito com diretor do Impro causa prejuízo de R$ 40 mil

Um grave prejuízo ao Instituto de Previdência Social dos Servidores de Rondonópolis (Impro), foi o resultado até o momento da insistência (birra) do prefeito José Carlos do Pátio, em não

Destaques 0 Comentários

Loteria da morte: homem é preso por matar casal que ganhou prêmio de R$ 1,4 milhão

Lauro Rosa Bueno, de 30 anos, foi preso pela Polícia Interestadual (Polinter) acusado de ter sequestrado e matado um casal que ganhou na loteria. O caso, que ficou conhecido como Loteria

Destaques 0 Comentários

MINISTÉRIO PÚBLICO APURA DENÚNCIAS DE PERSEGUIÇÃO AOS CONTROLADORES INTERNOS DE MT

Há pelo menos dois anos, os integrantes de diversas controladorias internas dos municípios de Mato Grosso estão se queixando de perseguições ora veladas, ora descaradas, principalmente nos municípios de Rondonópolis,