Denúncias de assédio e abuso sexual contra arcebispo de Belém

Denúncias de assédio e abuso sexual contra arcebispo de Belém

A Santa Sé e a Polícia Civil do Pará investigam denúncias de assédio e abuso sexual que teriam sido praticados por Dom Alberto Taveira Corrêa, arcebispo de Belém. Em agosto, quatro ex-alunos de um tradicional seminário na região metropolitana da capital paraense levaram à Justiça as denúncias.

Os abusos teriam ocorrido até 2014, quando os jovens estavam em vias de se ordenar ou de deixar o seminário. Eles tinham entre 15 e 20 anos. Segundo as denúncias, Dom Alberto identificava jovens “com tendências homossexuais” e os atraia sobre o pretexto de ajudá-los, ganhando sua confiança e praticando os abusos. No início deste mês, o arcebispo declarou, em redes sociais e em carta a padres, que é acusado de “crimes de ordem moral” sem ter tido a “oportunidade de ser ouvido”. As conclusões do inquérito, que corre em segredo de Justiça, não foram divulgadas. (El País)

Talvez você também goste

Destaques

Plano de contingência feirantes seguem recomendações para funcionarem durante pandemia

Feiras livres voltam a acontecer em Rondonópolis seguindo recomendações mais rigorosas do plano de contingência ao Covid-19. A decisão foi tomada em reunião do Comitê de Gestão de Crise de

Notícias

“Queremos trabalhar”: Comerciantes protestam em cidade de MT

Lucas do Rio Verde/MT– Os Comerciantes do municipio realizaram uma manifestação, na porta da Prefeitura de Lucas do Rio Verde (354 km de Cuiabá), se posicionando contra o fechamento dos

Mato Grosso 0 Comentários

DENÚNCIA SOBRE DESVIOS DE RECURSOS SANTA CASA DE RONDONÓPOLIS

Uma denúncia de irregularidades na Santa Casa de Misericórdia de Rondonópolis, publicada com exclusividade por um dos maiores sites de notícias do Matogrosso; o AGORA MT, está ganhando repercussão nacional.