DENÚNCIA DE IRREGULARIDADES NO MATERIAL DO ALAMBRADO DA AV. OTAVIANO MUNIZ

DENÚNCIA DE IRREGULARIDADES NO MATERIAL DO ALAMBRADO DA AV. OTAVIANO MUNIZ

Pouco mais de um ano após a Prefeitura de Rondonópolis, instalar o alambrado em torno da Avenida Otaviano Muniz, é possível verificar um problema com o material utilizado na obra.

Como medida para segurança e proteção dos animais que vivem no local e evitar o risco de acidentes em uma possível travessia na pista, aproximadamente três mil metros de cerca foram instaladas nos dois lados da avenida.

Nesta semana a reportagem do Marreta Urgente recebeu de um engenheiro que prefere não se identificar, algumas fotos e um pequeno relatório das irregularidades encontradas.  A observação é de que o material utilizado nos pilares da cerca não estariam de acordo com as normas da ABNT -NBR 6118.

Segundo constatou, os pilares não obedecem a seção mínima, e a NBR 6118 exige uma bitola mínima de 10mm, e teria sido utilizado treliça, não atendendo as especificações exigidas pela ABNT.

Uma denúncia será protocolada no Ministério Público em Rondonópolis

Redação

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Destaques 0 Comentários

CIRO GOMES QUER “CONTROLE SOCIAL E FIM DA MORAL CATÓLICA”

Ciro Gomes, que também está em claro ato de campanha antecipada, dando entrevistas e palestras em universidades, afirmou que quer o fim da “ilusão moralista católica”. Veja o vídeo: Fonte:

RONDONÓPOLIS

SAÚDE DE RONDONÓPOLIS CONFIRMA MORTE DE IDOSO POR COVID-19

A Secretaria Municipal de Saúde de Rondonópolis confirma a primeira morte por Covid-19 (coronavírus) na cidade. O óbito de um homem de 75 anos ocorrido na última quarta-feira (8) no

Destaques

EFEITO PROS PODE SE REPETIR NO PSL EM 2020

O Pros (Partido Republicano da Ordem Social), está sendo investigado por superfaturamento. Parte do dinheiro desviado teria vindo do fundo de campanha.  A direção nacional teria realizado superfaturamento e lavagem

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Você pode ser o primeiro a comente este post!

Deixa uma resposta