DEM e MDB deixam Centrão de apoio ao Governo na Câmara

DEM e MDB deixam Centrão de apoio ao Governo na Câmara

DEM e MDB deixaram o blocão liderado pelo deputado Arthur Lira, na Câmara dos Deputados. Pretendem, junto ao PSDB, formar um grupo de centro, independente do governo, que promova para a presidência da Casa um nome respaldado pelo atual presidente, Rodrigo Maia. A eleição é no fim do ano. Lira, que negociou cargos no segundo e terceiro escalão do governo para seu PP, PSD, PL e Republicanos, promovendo a aliança entre o presidente Jair Bolsonaro e o Centrão, vem atuando como articulador informal do Planalto entre os parlamentares. Ele próprio pretendia suceder a Maia. Ao perder as duas siglas por ser visto como homem do governo, torna mais difícil sua candidatura.

O resultado concreto é que Bolsonaro terá muita dificuldade de emplacar o novo presidente da Câmara. Oposição e independentes somam dois terços dos deputados, informa o Painel. E dependendo de quantos partidos o PSL conseguir carregar para um novo bloco que tenta formar, o Centrão poderá ficar ainda mais enfraquecido.

Redação com Meio

Talvez você também goste

Destaques

Avião com jogadores do Cuiabá não consegue pousar em MT

O avião que transportava a delegação do Cuiabá Esporte Clube não conseguiu pousar em Cuiabá na tarde desta quarta-feira, por causa das chuvas. O voo partiu de Guarulhos (SP) com

RONDONÓPOLIS 0 Comentários

ADILTON SACHETTI E A PRÉ-CANDIDATURA EM RONDONÓPOLIS

Na noite desta segunda-feira (5), durante a cerimônia de abertura da 47ª Exposul o ex-deputado federal Adilton Sachetti, declarou em entrevista ao Marreta Urgente que disponibilizou seu nome como pré-candidato

Bibo Nunes dispara contra Bivar :”Falta de caráter dele. Envolve dinheiro.”

O deputado Bibo Nunes, do PSL do Rio Grande do Sul, disse a O Antagonista ter “munição forte” contra Luciano Bivar, o presidente nacional da legenda. “Eu tenho munição forte para atacar.