Decisão unânime STF – Lei que obriga escolas a ter Bíblia é inconstitucional.

Decisão unânime STF – Lei que obriga escolas a ter Bíblia é inconstitucional.

Decisão foi unânime em julgamento no plenário virtual

O plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu, por unanimidade, ser inconstitucional lei estadual que obrigue escolas e bibliotecas a manterem ao menos um exemplar da Bíblia em seus acervos. Com a decisão, foi derrubado trecho de uma lei do Amazonas que impunha a obrigatoriedade.

O julgamento foi realizado em plenário virtual, ambiente digital em que os ministros têm uma janela de tempo para votar por escrito, sem debate oral. Nesse caso, a sessão se encerrou às 23h59 de ontem (12). A ação direta de inconstitucionalidade foi aberta pela Procuradoria-Geral da República (PGR) em 2015.

Todos os ministros seguiram o voto da relatora, ministra Cármen Lúcia. Para ela, o Estado não pode exigir uma obra sagrada em detrimento de outras, pois precisa ser neutro e independente em relação a todas as religiões. Exigir somente a Bíblia violaria os princípios da laicidade estatal, da liberdade religiosa e da isonomia dos cidadãos, argumentou.

“Na determinação da obrigatoriedade de manutenção de exemplar somente da Bíblia, a lei amazonense desprestigia outros livros sagrados quanto a estudantes que professam outras crenças religiosas e também aos que não têm crença religiosa alguma”, escreveu Cármen Lúcia.

Redação com Agência Brasil

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Notícias 0 Comentários

ASSEMBLEIA REVOGA PRISÃO DE FABRIS TODOS OS DEPUTADOS PRESENTES VOTARAM FAVORÁVEIS

O parecer da Comissão de Ética recomenda a revogação da prisão preventiva e das cautelares como afastamento do mandato e proibição de se comunicar com testemunhas impostas pelo Supremo Tribunal

Notícias

100 MOTORISTAS DE APLICATIVO, ADEREM AO CONSÓRCIO EM RONDONÓPOLIS

Uma parceria desenvolvida pelo consórcio NF, em Rondonópolis está conquistando espaço na área de aplicativos de transporte. Cerca de 100 motoristas já aderiram a nova opção e estão recebendo melhores

Notícias 0 Comentários

EXTORSÃO: SUPERINTENDENTE E FISCAL SÃO PRESOS EM MT

O superintendente da Vigilância Sanitária de Várzea Grande, presidente do Conselho Municipal de Saúde, Erick William Pinto, 37 anos, e o fiscal da Vigilância Sanitária do município, Nélio Flores de