DATAFOLHA: BOLSONARO LIDERA E CRESCIMENTO DE HADDAD É MENOR

DATAFOLHA: BOLSONARO LIDERA E CRESCIMENTO DE HADDAD É MENOR

O retrato do momento feito pelo Datafolha traz uma notável diferença em relação ao divulgado pelo Ibope, na terça-feira: neste, a subida de Fernando Haddad parece se dar num ritmo menor. Jair Bolsonaro aparece com 28%, Haddad com 16% e, Ciro Gomes, 13%. As tendências percebidas para o trio são as mesmas.
Em ambas Bolsonaro teve um crescimento ligeiro, de 26 para 28%. Também nas duas Ciro manteve-se estável. O Ibope o viu com 11%, o Datafolha o enxerga com 13%, sem mudança de uma semana para a outra. Mas se o Ibope capturou um Haddad saltando de 8 para 19%, uma diferença de onze casas percentuais, o Datafolha viu um salto mais modesto. De 13 para 16%.

Em parte, a diferença se dá pelos intervalos entre uma pesquisa e outra. O Ibope anterior é do dia 11 e, o Datafolha, do dia 14. No Datafolha do dia 10, Haddad tinha 9%. Mas o resultado prático é que uma pesquisa vê Ciro como um distante terceiro. Na outra, os dois estão próximos. Números entre uma pesquisa e outra não são comparáveis. Mas tendências, sim.
Como explica o cientista político Marcos Nobre, abaixo, o ritmo da transferência de votos de Lula para Haddad é uma das questões fundamentais deste primeiro turno. Ele determinará se um terceiro candidato terá ainda condições de concentrar votos de que não deseja nem um, nem outro — um movimento particularmente difícil. Principalmente, ele determinará quem entra com vantagem no segundo turno.

Ainda no Datafolha, Geraldo Alckmin mantem-se estável com 9%, Marina caiu um ponto e foi a 7%, João Amoêdo e Alvaro Dias seguem com 3% e, Henrique Meirelles, foi de 3 para 2.

O Datafolha ainda percebe Ciro Gomes vencendo Bolsonaro com relativa facilidade num eventual segundo turno: 45% contra 39%. Os outros cenários são mais apertados. O ex-capitão empataria com Haddad em 41%, venceria Marina em 42% contra 41% e perderia para Alckmin com 39% contra 40%.

A rejeição de Bolsonaro é de 43% e, a de Haddad, 29%. Ciro tem rejeição de 22%.

Redação com Canal do Meio

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Destaques

HAILANDER MINEIRO – Mundico venceu duas pandemias

Mineiro de Durandé, na Zona da Mata, trabalhador, alegre, em seus 102 anos de idade criou 12 filhos, tem 22 netos, 25 bisnetos, dois trinetos… A simples trajetória de vida

Brasil

PAPEL HIGIENICO É UM DOS ITENS MAIS ESTOCADO NA QUARENTENA

Carrinhos de compras abarrotados de papel higiênico se tornaram comuns em meio as quarentenas. A escolha de um item um tanto inusitado tem explicação. Para especialistas de marketing uma das

RONDONÓPOLIS 0 Comentários

VEREADOR THIAGO SILVA DEFENDE REVISÃO DA TAXA DE COLETA DO LIXO E APLICAÇÃO DE TARIFA SOCIAL

O vereador Thiago Silva usou a tribuna da Câmara na quarta-feira (11), para defender a revisão da taxa de coleta do lixo em Rondonópolis, segundo o parlamentar a revisão deve

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Você pode ser o primeiro a comente este post!

Deixa uma resposta