COVID-19 – Deputado defende união de municípios da região Sudeste para combater o vírus

COVID-19 – Deputado defende união de municípios da região Sudeste para combater o vírus

Diante do crescimento de casos do novo coronavírus no sudeste de Mato Grosso, o deputado estadual Thiago Silva (MDB) está defendendo a gestão compartilhada entre os 19 municípios para combater o vírus e criar ações unificadas de barreiras sanitárias, testes em massa, implantação e manutenção de UTIs. 
O parlamentar lembra que a quantidade de leitos de enfermagem e UTI nas cidades que compõem a regional de Rondonópolis é preocupante, mas pode ser amenizada através parcerias que podem ser firmadas com o Consórcio Regional de Saúde do Sul de Mato Grosso (CORESS – MT). “Nossa guerra é contra o inimigo comum e precisamos do esforço de todos. Entendo que com o fortalecimento do CORESS é possível tomar medidas mais rápidas e promover mais eficácia tanto no combate a disseminação do vírus, quanto no tratamento da doença”. 
Para Thiago o CORESS é ferramenta essencial para implantação de estratégias que possam interligar os municípios. “Não tenho dúvida que através do Consórcio podemos gerar mais capacidade de leitos tanto para enfermagem, quanto a UTI e também na aquisição de medicamentos para conter o avanço da infecção no organismo”, conta.
O deputado já está organizando agenda com a administração do CORESS, junto com prefeitos da região. “A ideia é promover por videoconferência um debate amplo sobre o problema, levantar sugestões e acatar através da decisão da maioria medidas que possam levar a redução de casos coronavírus. Depois da grande Cuiabá, nossa região é que mais preocupa no Estado”. 
Tratamento preventivo
Thiago Silva é defensor da distribuição gratuita do kit-covid, com orientação médica, para pessoas de baixa renda. 
Barreira sanitária
Silva também enxerga barreiras sanitárias entre municípios como uma estratégia que pode gerar eficácia, desde que o trabalho seja elabora em todas a entradas das cidades. “Não tenho dúvida que funciona. Com barreiras sanitárias e possível distribuir álcool 70%, máscaras, material informativo, aferição de temperatura e colher dados das pessoas, com questionários para investigar a vida do indivíduo nos últimos 10 dias. Mas para o bom resultado é preciso comprometimento de todos os envolvidos”.
Testagem em massa
O deputado também é defensor da testagem em massa da população. “Só aqui na região sudeste são mais de 500 mil habitantes. Precisamos testar boa parte dessa população, para que os diagnosticado com Covid possam fazer o isolamento. Para evitar aglomerações é possível trabalhar pelo sistema drive thru e utilizar espaços públicos nos bairros e estádio de futebol. Os estudos já comprovaram, quanto maior a testagem, maior é o controle da doença”.

Assessoria

Sobre o Autor

Talvez você também goste

RONDONÓPOLIS

Ecopontos: Projeto aprovado e mais uma taxa foi criada em Rondonópolis

O descarte de lixo nas vias públicas e privadas da cidade sempre foi motivo de grande preocupação. Mesmo havendo a coleta de lixo municipal, móveis, eletrodomésticos, entulhos e podas de

Polícia 0 Comentários

Polícia Civil prende sete por envolvimento a furto de caixas eletrônicos

A Polícia Judiciária Civil prendeu sete suspeitos durante investigações do furto de caixas eletrônicos na agência do Banco do Brasil do CPA II, em Cuiabá. As prisões foram efetuadas pela

RONDONÓPOLIS 1Comentários

PROTESTOS PELA PRISÃO DE LULA OCORREM EM RONDONÓPOLIS E MAIS DE 100 CIDADES

Os movimentos Brasil Livre (MBL), o Vem Pra Rua (VPR) e outros lideraram manifestações do impeachment de Dilma farão manifestações terça-feira, 3, atos em mais de 100 cidades e 20