COVID-19 – 80 municípios de Mato Grosso ainda não têm casos confirmados da doença

COVID-19 – 80 municípios de Mato Grosso ainda não têm casos confirmados da doença

A maioria dos municípios que ficam na Baixada Cuiabana e região Sul lideram casos de covid-19. Com maior densidade populacional, Rondonópolis , Cuiabá e Várzea Grande.

Dos 23 municípios que integram o Vale do Araguaia, ao menos 4 deles apresentam confirmações, sendo Barra do Garças, Nova Xavantina, Pontal do Araguaia e Ponte Branca – ou seja, 17% da região. Chama atenção o grande número de Síndrome Gripal (SG) na região, como Barra do Garças, que registrou 1443 casos até sexta-feira (29).

Conforme o boletim da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT), 80 municípios de Mato Grosso ainda não têm casos confirmados da doença e 61 já registraram confirmações de coronavírus em Mato Grosso. Isso significa dizer que 43% do território do estado já sucumbiu à doença.

A região Leste do estado – e do Norte são os locais com menos registros de contaminação de coronavírus no território mato-grossense.

 Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde deste sábado (30.05), 2.413 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 58 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado. A última morte envolveu uma residente de Barra do Garças.

Dentre os 20 municípios com maior número de casos de Covid-19, estão: Cuiabá (723), Várzea Grande (227), Rondonópolis (191), Tangará da Serra (111), Primavera do Leste (101), Sorriso (84), Lucas do Rio Verde (74), Confresa (74), Barra do Garças (73), Sinop (55), Rosário Oeste (42), Campo Verde (40), Jaciara (37), Alta Floresta (37), Cáceres (32), Nova Mutum (31), Pontes e Lacerda (28), Peixoto de Azevedo (25), Aripuanã (25) e Sapezal (22). 

No Brasil

O surto do novo coronavírus se espalhou por todas as regiões do país e chegou a 70,7% dos municípios do Brasil, com casos de covid-19 confirmados em quase 4 mil municípios.

Vale ressaltar que ainda não existe vacina contra o coronavírus, por isso, a prevenção é a melhor forma de  evitar o contágio./ Usar máscara, não participar de aglomerações, lavar as mãos com frequência, desinfetar com álcool em gel ou 70% e ficar em casa, são dicas importantes pra não se contaminar e claro, salvar vidas.//

Só pra lembrar, o uso da máscara continua obrigatório em todo o território mato-grossense e quem desrespeitar a Lei, vai ser multado./ E não se esqueça, o combate ao avanço do coronavírus é responsabilidade de todos, faça a sua parte, você também é responsável.//

Talvez você também goste

Destaques

Bolsonaro, acha muito difícil a regularização do Aliança

O presidente Jair Bolsonaro disse novamente que decidirá até março se continua investindo na criação do Aliança pelo Brasil ou se optará pela filiação a um partido já existente. “Em março, a

Destaques

POLÍCIA CIVIL – Registros de ocorrências pela Delegacia Virtual ajudam a evitar aglomerações em delegacias

A Polícia Civil de Mato Grosso reforça o atendimento da Delegacia Virtual para o registro de boletins de ocorrência, especialmente durante este período de restrições em todo o estado, de

Destaques 0 Comentários

CASSI DO BANCO DO BRASIL MANTÊM CONVÊNIO COM HOSPITAL QUE NÃO POSSUI ALVARÁ DE FUNCIONAMENTO EM CUIABÁ

TOTALMENTE irregular e sob crime ambientais e sanitários, sendo inclusive o único no Brasil que funciona sem os devidos licenciamentos, que expõem a risco os pacientes e suas vidas. Mofo,