quinta-feira, junho 13, 2024
More

    Siga o Marreta Urgente

    Últimas Postagens

    Chile rejeita nova constituição pela 2ª vez e mantém texto da ditadura

    Neste domingo (17.dez), a população chilena rejeitou pela 2ª vez a proposta de uma nova Constituição no país. Do total de votos, quase 56% dos chilenos votaram contra e 44%, foi a favorável ao texto.

    A votação elimina a possibilidade de revisão da Carta Magna liberal, escrita em 1980, durante o regime do ditador Augusto Pinochet. O novo documento era ainda mais conservador do que o texto da ditadura em questões como aborto e migração, ordenando a expulsão de pessoas que entrassem no país de forma “clandestina”.

    A proposta de 2022, que também foi rejeitada, era mais progressista e incluia o direito à interrupção voluntária da gravidez, por exemplo. O presidente Gabriel Boric disse que não buscará uma terceira proposta de nova constituição.

    Nova constituição no Chile

    A ideia da nova constituição após os protestos de 2019, que tomaram o país após o aumento de passagens de metrô em Santiago.

    Em setembro do ano passado, 62% dos eleitores chilenos rejeitaram uma proposta da nova Constituição. A redação garantia uma série de benefícios sociais, paridade de gênero, direitos de indígenas e ambientais.

    Com o insucesso da proposta mais à esquerda, desta vez, a Carta Magna foi redigida por uma Assembleia Constituinte dominada pela direita. A maior representação do grupo é do Partido Republicano, considerado de extrema-direita e fundado pelo ex-candidato à presidência José Antonio Kas.

    Deixe seu comentário

    Siga o Marreta Urgente

    Latest Posts

    Informe Publicitário

    Jornalismo Morreu ou foi assassinado ?

    BRASIL