sábado, junho 22, 2024
More

    Siga o Marreta Urgente

    Últimas Postagens

    Carnaval milionário com Ivete e Gusttavo Lima revolta cidade de 75 mil habitantes no Ceará

    Uma cidade de 75 mil habitantes no litoral do Ceará, a 150 quilômetros de Fortaleza, terá uma festa de Carnaval milionária, com artistas nacionais. Ao mesmo tempo, porém, moradores reclamam da qualidade dos serviços de saúde prestados no município.

    A Prefeitura de Aracati (CE) anunciou que a folia terá shows gratuitos de Ivete Sangalo, Gusttavo Lima, Xand Avião e ao menos outras nove atrações.

    As festas começam neste sábado (27/1), com show do Gusttavo Lima. Dez contratos fechados com os produtores dos artistas e publicados até a tarde desta quarta-feira (24/1) têm valor total de R$ 2,5 milhões.

    Os shows de Xand Avião e de Pedro Sampaio custarão, cada um, R$ 550 mil; a apresentação de Mari Fernandez foi contratada por R$ 450 mil; e Felipe Amorim fechou contrato de R$ 300 mil, por exemplo. Ainda não foram disponibilizados os valores dos shows de Ivete Sangalo e Gusttavo Lima.

    A aposentada Ione Pereira de Oliveira, 52 anos, gravou um vídeo no qual pede para os artistas não façam os shows em Aracati.

    “Peço a vocês, de todo meu coração: não venham, não. Estão tirando dinheiro da nossa saúde, dos pacientes, que dá para socorrer outras pessoas, para a gente poder fazer nosso tratamento”, disse.

    Ione é uma dos três pacientes que entraram na Justiça contra a Prefeitura de Aracati, para tentar garantir o transporte necessário até o município de Russas (CE), onde fazem tratamento de hemodiálise. A cidade vizinha fica a cerca de 70 quilômetros de distância.

    Em abril de 2023, o município retirou de circulação o carro que levava os pacientes até a cidade e disponibilizou um micro-ônibus para fazer o transporte dela, junto a outras pessoas, sob justificativa da necessidade de cortar despesas, segundo a paciente.

    “Alegaram que tinham de tirar nosso carro por conta de contenção de gastos, porque a prefeitura não tinha condição de manter. Esse micro-ônibus é bom para quem tem saúde. Mas eu venho deitada e vomito toda vez. Estou com úlcera. Tem outra senhora que está sofrendo muito para subir e descer os degraus, porque tem o pé amputado”, desabafou a aposentada à coluna Grande Angular.

    A mulher citada por Ione é Martha Helena da Costa Torres, 68 anos. Ela disse à reportagem que o micro-ônibus fornecido pelo município é inadequado para o transporte de pacientes com saúde delicada.

    “Tenho diabetes, pressão muito alta, problema de visão e não enxergo direito. Meu pé é amputado e minhas pernas doem muito por causa do carro. Ele é muito alto e a escada é bem curtinha. Eu morro de medo de cair. O carro não é ruim, mas não é para a gente”, enfatizou.

    Por meio da Defensoria Pública do Ceará (DPCE), os pacientes processaram o município. Em 14 de agosto de 2023, a 1ª Vara Cível da Comarca de Aracati deferiu liminar na qual obrigou a prefeitura a fornecer transporte adequado de ida até Russas e de volta.

    Em 7 de dezembro, a juíza Danúbia Loss Nicolao expediu outra decisão, na qual determinou que a prefeitura cumprisse a ordem e fornecesse “carro baixo para o transporte dos pacientes no prazo de 10 dias”.

    Fila para medicamentos
    Moradores de Aracati também reclamam do atendimento no Hospital Municipal Eduardo Duas (Hmed). Vídeo gravado na última segunda-feira (22/1) mostra uma enorme fila na porta da unidade de saúde.

    A pessoa que registrou as imagens disse que aguardava para pegar remédios. “A saúde do pessoal de Aracati entregue às baratas”, reclamou. “Cheguei aqui agora para receber medicamento e tenho de enfrentar uma fila dessas, senão, amanhã não tem mais medicamento. O negócio aqui está feio.”

    O homem ainda chamou a atenção para a discrepância dos serviços de saúde em relação aos altos custos dos eventos promovidos pelo poder público: “[O morador] anda nas ruas e [encontra] tudo interditado, festa por cima de festa. Está cruel a situação”, queixou-se.

    À coluna Grande Angular, a Prefeitura de Aracati disse, por meio de nota, que “assegura à população que o transporte destinado aos pacientes de hemodiálise é não apenas apropriado, mas também equipado com as mais recentes comodidades para garantir conforto e segurança durante o deslocamento”.

    “Os veículos utilizados são novos e contam com ar-condicionado e cadeira elevatória, facilitando o acesso para aqueles que têm dificuldades de locomoção. Além disso, em todos os trajetos, pacientes são acompanhados por um técnico de enfermagem, o que reforça nosso cuidado com o bem-estar dos pacientes”, concluiu.

    1) Desde 2019, já iniciativa desta gestão, o camarote do Carnaval é terceirizado para ainiciativa privada, mantendo a avenida 100% gratuita para que esta possa comercializar ingressos e captar patrocínios. Neste ano, pela primeira vez, após o resgate do tradicionalCarnaval de Aracati, um grupo de patrocinadores junto com a concessionária do Camarote deAracati está pagando os cachês de Gusttavo Lima e Ivete Sangalo.2) Vale ressaltar que o Carnaval de Aracati, que era o 4º maior carnaval do Brasil nos anos90, é o maior carnaval do Estado, é a maior fonte de renda para milhares de aracatienses,sejam os comerciantes maiores e menores, sejam todos prestadores de serviços e principalmente milhares que alugam suas humildes residências nesse período auferindo umarenda maior que a sua formal. Segundo dados de pesquisa, circulou na economia de Aracatino período Carnavalesco em torno de 270 milhões de reais. A cidade chega a receber naavenida do carnaval em torno de 400 mil foliões. Vale ressaltar 3 pontos: (a) o nível deaprovação da gestão e do carnaval chegam a 80%, (b) que é um carnaval “centenário” comvárias arenas não apenas a do carnaval onde essas atrações irão se apresentar, inclusive comdesfile de blocos culturais na zona histórica da cidade, e (c) que não é novidade a presença deartistas desse porte, pois nos últimos anos atrações de nível semelhante passaram por aqui,mas diferente deste ano que teve a complementação do investimento privado.3) A prefeitura de Aracati informa também que todas as outras áreas do Município receberamvultuosos investimentos, levando o Aracati a ser, segundo o Tribunal de Contas do Estado, o7º Município do Estado que mais investiu nos últimos 6 anos em termos absolutos, e o primeiro do Estado em termos proporcionais, ou seja Valor de investimento X população.4) Apenas na Saúde foram gastos mais de 75 milhões no ano de 2023, muito acima do tetoobrigatório da Lei de Responsabilidade Fiscal. Vale ressaltar que o Hospital Municipal, oHMED, foi recebido por esta gestão em 2017 tendo alas interditadas por risco dedesmoronamento, esgoto na sala das enfermeiras, estrutura física totalmente comprometida,avisos de interdição pela ANVISA, salários atrasados, dentre tantos outros problemas. Hoje ohospital municipal, HMED, foi totalmente reconstruído, novas estruturas, novosequipamentos, móveis e utensílios, como mais de 40 camas eletrônicas e novas, um Centrode Imagens com equipamentos como ultrassom e tomógrafo, e para colonoscopia eendoscopia, assim se configurando como o melhor hospital municipal do interior do Estado.(Fotos de como era o hospital em 2017 e como ficou em anexo*). A UPA do município,entregue à Prefeitura em 2012, nunca havia funcionado até 2017. Esta gestão inaugurou emantém a UPA até os dias de hoje. Ainda na Saúde foram adquiridas várias ambulâncias erecentemente dois novos ônibus para pacientes que buscam realizar hemodiálise. Foramconstruídos 5 novos postos de saúde no interior e reformados todos os outros.5) Sobre a suposta falta de medicamento, de acordo com outro vídeo postado, informamosque a referida fila é voltada para a farmácia responsável pela entrega de remédiosobrigatórios como para diabetes e pressão alta, sendo esse fornecimento de responsabilidadedo Governo Federal via Governo Estadual. A fila de fato acontece sempre quando asremessas chegam a essa farmácia, como foi o caso de três dias atrás a essa referida fila.
    Salientamos ainda que essa Farmácia não se encontra nas dependências específicas dohospital HMED que tem sua própria farmácia. Mas sim, no sítio do hospital com entrada própria, e não pela recepção do HMED. Por oportuno, informamos já existir decisão daPrefeitura de transferir essa farmácia para outro melhor local, não só para evitar essa naturalconfusão, como para atender melhor aos aracatienses e população de outros municípios láatendidas.6) Na Educação, foram feitas reformas estruturantes em 36 escolas antes totalmentesucateadas e construídas outras 12 novas, além de cinco mais a serem entregues ainda esteano. Todas as salas de aula de Aracati são 100% climatizadas enquanto no Brasil apenas30% são, inclusive as particulares. Todas as escolas contam com lousas digitais e tablets paraseus alunos. Além de uniforme e materiais escolares da melhor qualidade.7) Na infraestrutura, foram construídas novas estradas totalizando aproximadamente o totalde 200km de asfalto para os interiores do Município onde comunidades ficavam isoladas no período de chuvas. Para se ter uma ideia, há 30 anos só existiam 18km de asfalto para fora dasede do Município. Nesta, foram pavimentadas 70% das ruas que ainda não as tinha, econseguiremos totalizar os 100% até o final deste ano.8) No esporte foram construídas 38 novas areninhas, recorde absoluto no Ceará e 5 outrasestão em construção. Reformamos e entregamos o Estádio e o Ginásio Municipal, queestavam fechados, interditados, servindo de lixão da prefeitura, há 8 anos.9) Por fim, a Prefeitura do Aracati é selo DIAMANTE em transparência, concedido há ummês pela Associação dos Tribunais de Contas do Brasil. Apenas 8 municípios do Estado possuem essa categoria. O Aracati, esta gestão, foi premiada pelo Ministério de Gestão eInovação como o melhor nível de governança entre os Municípios de até 100mil habitantes,título recebido em 2023. A Prefeitura de Aracati assegura à população que o transportedestinado aos pacientes de hemodiálise é não apenas apropriado, mas também equipado comas mais recentes comodidades para garantir conforto e segurança durante o deslocamento. Osveículos utilizados são novos e contam com ar-condicionado e cadeira elevatória, facilitandoo acesso para aqueles que têm dificuldades de locomoção. Além disso, em todos os trajetos, pacientes são acompanhados por um técnico de enfermagem, o que reforça nosso cuidadocom o bem-estar dos pacientes. Convidamos esse que é hoje um dos mais prestigiados sitesde notícias do Brasil para nos visitar, conhecer nossa cidade, ver in loco todos osinvestimentos e benefícios levados a toda e qualquer rua, bairro ou comunidade de praia oudo sertão, bem como e principalmente, ouvir a nossa população, ouvir o povo e saber de fatocomo está o nosso querido Aracati.

    Deixe seu comentário

    Siga o Marreta Urgente

    Latest Posts

    Informe Publicitário

    Jornalismo Morreu ou foi assassinado ?

    BRASIL