terça-feira, abril 23, 2024
More

    Siga o Marreta Urgente

    Últimas Postagens

    CAOS NA SAÚDE: Vereador Dr. José Felipe Horta fiscaliza policlínica do Itamaraty, ambiente sem qualquer climatização

    Sem ar-condicionado, funcionários da policlínica da Vila Itamaraty, na Vila Operária, precisaram trazer de casa seus próprios ventiladores para tentar amenizar o intenso calor dentro da unidade de saúde que acomete não somente os servidores, mas, principalmente, os pacientes que precisam de atendimento. A constatação foi feita in loco pelo vereador Dr. José Felipe Horta (Podemos), que após receber denúncias realizou uma fiscalização.

    O trabalho foi realizado no último dia 20, terça-feira. Tudo foi registrado pelo vereador em foto e vídeo. “A unidade está sem ar-condicionado na recepção, sem ar-condicionado no laboratório onde os pacientes colhem exames como, por exemplo, de sangue. Os funcionários tiveram que trazer de casa seus ventiladores uso próprio para colocar aqui”, mostra o parlamentar em um dos materiais registrados. “E hoje ainda está mais fresco o clima, porque choveu. A sala dos agentes de saúde também está sem [ar-condicionado]”, completa.

    Ainda conforme o apurado pelo vereador Dr. José Felipe Horta, o problema da unidade estaria na fiação elétrica. “Reformaram [a unidade de saúde] e colocaram novos ares. Mas a fiação é velha, antiga e não aguenta. Por isso queima os equipamentos”, afirma. “É preciso fazer a troca, mas a pergunta que fica é: até lá, como fica a comunidade?”, questiona.

    O vereador aproveitou a fiscalização para ouvir relatos dos pacientes que suportavam o calor intenso dentro da policlínica. “A gente vem colher exame, vem consultar, e ninguém aguenta”, afirma uma paciente no vídeo. “Há muito tempo está assim, uns oito meses ou mais”, diz a cidadã.

    Ainda conforme os relatos repassados ao parlamentar, pacientes e servidores chegaram a passar mal e desmaiar por conta do calor intenso dentro da unidade de saúde.

    Dr. José Felipe Horta se comprometeu a encaminhar um Ofício ao Poder Executivo exigindo providência. “A situação é triste. A gente ouve os relatos dos pacientes que estão sofrendo. Hoje mesmo, saindo daqui, vou em busca de uma cobrança. É preciso cobrar a gestão municipal sobre esta situação”, defende o vereador.

    VIDEO

    Deixe seu comentário

    Siga o Marreta Urgente

    Latest Posts

    Informe Publicitário

    CÂMARA -CUIABÁ - BALANÇO 2023

    Jornalismo Morreu ou foi assassinado ?

    BRASIL