CÂMARA REJEITA INVESTIGAR DENÚNCIAS DE IRREGULARIDADES NO RESIDENCIAL DONA NEUMA

CÂMARA REJEITA INVESTIGAR DENÚNCIAS DE IRREGULARIDADES NO RESIDENCIAL DONA NEUMA

Na sessão da câmara de vereadores de Rondonópolis, na ultima quarta-feira (18), os parlamentares resolveram fazer o que é comum na atual legislatura, e rejeitaram dois requerimentos de autoria do vereador Jailton do Pesque Pague, com a finalidade de informações sobre o residencial Residencial Dona Neuma.

O primeiro solicitava informações sobrea empresa responsável pela obra de implantação, e o valor do desconto de ISSQN para empresa responsável pela de Construção do Residencial.

No segundo Requerimento, a solicitação ao Prefeito Municipal, Secretário de Transparência e Controle Interno (SETRACI) e Secretário de Habitação, para proceder à minuciosa apuração (sindicância) em todo processo de seleção e ocupação dos imóveis, e esclarecimentos sobre o envolvimento de servidores ou ex-servidores do município (secretária de habitação ou outras) sob a promessa de facilitar o trâmite durante o processo de seleção e/ou ocupação.

Segundo o boletim de votação 13 vereadores votaram, sendo que 10 votos favoráveis não foram suficientes para aprovação. Os votos contrários foram dos vereadores João MotoTáxi(PTB), Juary Miranda e Vilmar Pimentel (sd), curiosamente os três não foram reeleitos para os próximos 4 anos.

REDAÇÃO

Talvez você também goste

Mato Grosso

PM recupera TV furtada de bar e prende autor do crime e receptador

Policiais militares da 3ª Companhia Beira Rio prenderam na madrugada desta quarta-feira (09.12), dois homens, um por furto e o outro por receptação, no bairro Jardim Europa, na capital. A

Notícias 0 Comentários

ESCÂNDALOS NA CASA BRANCA E A GUERRA NA SÍRIA

Após um ataque à Síria em conjunto com França e Reino Unido, na sexta-feira, os EUA se preparam para anunciar hoje represálias à Rússia por seu apoio ao governo de

Notícias

PRTB em Rondonópolis começa mudança e dois vereadores deixam a legenda

Cláudio Cruz é o novo presidente do PRTB (Partido Renovador Trabalhista Brasileiro), em Rondonópolis. Ele assumiu a sigla com duas prioridades, alinhar o diretório local com os ideais de direita