segunda-feira, março 4, 2024
More

    Siga o Marreta Urgente

    Últimas Postagens

    Bolsonaro Atrai 1,6 Milhões em Live e Dispara: “Fracasso de Lula é por Causa das Mentiras”

    No domingo (28), o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) declarou durante uma transmissão ao vivo no YouTube que “mentir não leva a nada”. A declaração foi uma referência irônica à decisão do presidente Lula (PT) de cancelar suas transmissões ao vivo semanais devido à baixa audiência. A transmissão ao vivo em que Bolsonaro participou ao lado de seus filhos naquela noite alcançou 1,6 milhão de visualizações.

    Em uma “superlive” neste domingo (28), na qual foi visto vestindo a camisa da seleção de futebol de Israel ao lado de seus filhos, Bolsonaro expressou críticas ao presidente atual por utilizar essas lives semanais para insultá-lo. Com sarcasmo, ele disse: “Até parece que quando Lula vai dormir, em vez de dizer ‘eu te amo, meu bem’, ele diz ‘Bolsonaro!’”.

    O presidente em exercício começou suas transmissões ao vivo semanais em junho do ano anterior, selecionando Marcos Uchoa, ex-jornalista da TV Globo e membro do PCdoB, como seu “entrevistador particular”. No entanto, as transmissões, que ocorrem sempre nas manhãs de terça-feira, têm sido um grande fracasso de audiência.

    As transmissões ao vivo de Lula eram acompanhadas por um público de 3 a 5 mil pessoas, composto principalmente por ativistas do PT e jornalistas favoráveis a ele, enquanto o ex-presidente Jair Bolsonaro, em suas transmissões ao vivo, registrava uma média de 500 mil espectadores, um número que aumentava posteriormente. No dia 28 de janeiro de 2021, por exemplo, o Youtube registrou 578.595 mil visualizações da transmissão ao vivo de Bolsonaro.

    O cancelamento das lives foi confirmado por Paulo Pimenta, ministro-chefe da Secom, que justificou a decisão como uma “mudança de estratégia”. As informações são do Diário do Poder.

    Deixe seu comentário

    Siga o Marreta Urgente

    Latest Posts

    Informe Publicitário

    AMOR ALÉM DA VIDA

    Jornalismo Morreu ou foi assassinado ?

    BRASIL