BARBUDO ESQUECE DISCURSO DE DIREITA E TEM DOIS PETISTAS EM SEU GABINETE

Por EDÉSIO ADORNO

O pequeno agricultor de Alto Taquari, Nelson Barbudo (PSL), foi o campeão isolado de votos nas eleições de 2018. Chegou a Câmara dos Deputados na crista de 126.249 sufrágios. A estrondosa votação foi o coroar do apoio dedicado ao então presidenciável Jair Bolsonaro e as críticas demolidoras que fazia contra a esquerda, que ele rotulava de comunista e, em especial, contra Lula e seus devotos petistas. 

No Congresso Nacional, Nelson Barbudo fez discursos inflamados, deu entrevistas à imprensa e entupiu suas redes sociais com manifestações de apoio a despetização da República proposta pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL).   

Já no início da legislatura, Barbudo teve um arranca-rabo com a deputada Maria do Rosário PT). Para contrapor as críticas que a petista fazia ao então ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodriguez, o deputado elevou o tom da voz e disparou que os parlamentares de esquerda seriam psicopatas. A resposta dura de Barbudo inflamou a militância de direita e bombou nas redes sociais. 

Como entre o discurso e a prática pode existir distância quilométrica ou até mesmo fosso intransponível. Barbudo mantém o apoio a despetização do governo. Mas não esconde seu apreço por petistas convertidos a direita.   

Seu chefe de gabinete, Rafael Klas Dal Bo, foi assessor do ex-governador Silval Barbosa, defendeu a reeleição de Dilma Rousseff e apoiou Lúdio Cabral para prefeito de Cuiabá. Foi convertido a direita. Reza de acordo com alcorão do PSL. É um exemplo de assessor parlamentar, cujo exemplo deve ser evitado por quem não pretende enfrentar problemas. Isso, no entanto, será tema de uma outra postagem. 

Como um petista é pouco, o deputado Nelson Barbudo resolveu colocar mais esquerdista em seu gabinete. No Diário Oficial da União, que circulou no dia 03 maio, consta a publicação da portaria de nomeação de Sônia Aparecida Zoazokamaero Ferreira de Souza para exercer o cargo em comissão de secretária parlamentar. O salário mensal da petista é de R$ 4.058,04. Uma boa recompensa para quem apoiou Hadadd, rotulou Bolsonaro de extremista de direita, fanático religioso e saudosista da ditadura.   

“Obrigado, grande guerreiro, professor”, escreveu Sonia em uma postagem no Facebook. Não, a saudação não foi dirigida ao seu chefe deputado Barbudo. Na mensagem, a moça saúda Fernando Haddad por seu engajamento na causa indígena.

Uma indagação me ocorre: Sonia se converteu ao ideário da direita ou Barbudo se rendeu as teses indígenas defendidas por ONGs e comunistas?

Redação com A Bronca Popular

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Destaques 0 Comentários

Criança de 5 anos morre afogada em piscina durante confraternização de Natal

Uma menina de cinco anos morreu afogada ao entrar em uma piscina de uma casa de festas, durante uma confraternização de Natal, na tarde de segunda-feira (25), na cidade de

Mato Grosso

Thiago Silva trabalha no parlamento pela saúde e garante destinação de R$ 1,5 milhão para conter a covid 19

O deputado estadual Thiago Silva tem dedicado seu mandato pela melhoria do atendimento na rede pública estadual de saúde dos municípios de Mato Grosso, principalmente em decorrência da pandemia do

Destaques 0 Comentários

Quadrilha detida sacando 68 milhões para Haddad

Na quarta-feira (17), uma quadrilha foi detida na Bahia tentando sacar um cheque de 68 milhões no Banco do Brasil. Ao serem ouvidos, os detidos afirmaram que o dinheiro seria

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Você pode ser o primeiro a comente este post!

Deixa uma resposta