quinta-feira, fevereiro 22, 2024
More

    Siga o Marreta Urgente

    Últimas Postagens

    Bandido que matou policial é preso pela polícia após 8 dias sendo procurado em MT

    Paulo Ricardo da Silva Ferreira, procurado pela polícia há oito dias devido à morte do policial militar Djalma Aparecido da Silva, foi preso e encaminhado à Delegacia de Rondonópolis, a 218 km de Cuiabá, neste domingo (28). Nesta semana, a Polícia Civil havia divulgado uma foto dele, após identificá-lo como suspeito do assassinato, em Pedra Preta, a 243 km da capital.

    Segundo a polícia, Paulo Ricardo foi apontado como um dos autores do homicídio após os documentos pessoais dele terem sido encontrados dentro de um carro abandonado, em uma estrada do Bairro Monte Orebe.

    A Justiça de Pedra Preta decretou um mandado de prisão temporária contra o suspeito. O foragido foi localizado pelos policiais civis da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos e do Núcleo de Inteligência da Delegacia Regional de Rondonópolis, em uma residência no bairro Moradas do Parati.

    Ao ver os policiais, o suspeito quebrou o seu celular e jogou o aparelho contra o chão. Em seguida, se entregou à polícia.

    Relembre o caso

    Djalma foi morto enquanto fazia uma caminhada, momentos depois de ter saído de casa. O crime, conforme o boletim de ocorrência, ocorreu em frente a um ginásio de esportes de Pedra Preta. O policial estava de folga no dia.

    No dia do crime, o carro utilizado pelo suspeito foi abandonado em chamas.

    O Governo de Mato Grosso lamentou a morte do sargento por meio de nota. O oficial atuava na PM desde 2003, mas estava locado na unidade de Alto Garças. Ele era natural de Glória de Dourados (MS). A Polícia Militar também prestou homenagens ao servidor.

    De acordo com as investigações, Djalma havia se envolvido em uma ocorrência que terminou com a morte de um membro de organização criminosa, em junho do ano passado. Até o momento, ainda não há a confirmação de que a morte do criminoso teria ligação com o assassinato de Djalma. Um inquérito foi instaurado para apurar os fatos.

    Deixe seu comentário

    Siga o Marreta Urgente

    Latest Posts

    Informe Publicitário

    AMOR ALÉM DA VIDA

    Jornalismo Morreu ou foi assassinado ?

    BRASIL