Após atear fogo na casa da ex-sogra, espancar mae e filha homem foi preso

Após atear fogo na casa da ex-sogra, espancar mae e filha homem foi preso

Caso foi registrado no domingo (25) no bairro Padre Duilio, em Juína (735 km de Cuiabá). Acusado foi preso em flagrante.

Um homem de 36 anos foi preso no domingo (25) após agredir a ex-esposa com socos e mordidas e atear fogo numa casa, no bairro Padre Duilio, em Juína (735 km de Cuiabá).

De acordo com informações, o homem teria invadido a residência da ex-sogra, onde sua ex-mulher mora com a filha. Ele foi até a vítima e a agrediu com socos, mordidas e ainda teria tentado enforcá-la.

A filha do casal também teria sido agredida pelo pai na ocasião. Ele teria dado socos no estômago da menor. Um homem teria tentado intervir, mas o agressor pegou um facão e o ameaçou.

Após isso, o acusado ateou fogo na casa de madeira e fugiu do local. O imóvel foi completamente destruído pelas chamas.

A Polícia Militar foi acionada e realizou rondas pela região.

O agressor foi encontrado pelos militares e encaminhado para a delegacia de Juína. Ele foi autuado em flagrante por lesão corporal, incêndio e ameaça.

O fogo causou apenas danos materiais.

O caso é investigado pela Polícia Civil.

Redação com Repórter MT

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Mato Grosso 0 Comentários

A NUVEM POLÍTICA: PSL INDICA SILVIO FÁVERO PARA SER VICE NA CHAPA DE TAQUES.

Não está fácil arranjar um vice para ocupar a vaga na chapa majoritária do governador Pedro Taques (PSDB) pré-candidato a reeleição. Uma reunião acontece neste momento entre PSDB e lideranças

Notícias 0 Comentários

PROJETO DE LEI QUER BANIR NOME DA AVENIDA PRESIDENTE MÉDICI EM RONDONÓPOLIS

O projeto de lei do vereador Silvio Negri (PC do B), está provocando muitos debates e polêmicas em Rondonópolis, o teor proíbe a denominação de logradouros públicos como ruas, com

Destaques 0 Comentários

VENDAVAL ARRANCA COBERTURA DE AGÊNCIA DO SICOOB NO PARANÁ (VÍDEO)

Um forte vendaval com rajada de vento de 83,5 km/h atingiu a cidade de Mariópolis, no Sudoeste do Paraná na quinta-feira (12). Mais de cem residências foram destelhadas na cidade,