Aliado de Bolsonaro foi o primeiro a pedir mudança da Embaixada em Israel para Jerusalém, em 2017

Aliado de Bolsonaro foi o primeiro a pedir mudança da Embaixada em Israel para Jerusalém, em 2017

O deputado federal Victório Galli (PSL) foi o primeiro parlamentar brasileiro a defender publicamente a mudança da embaixada brasileira de Tel Aviv para Jerusalém, em 1 de junho de 2017.

Quando Israel comemorou o cinquentenário (em maio de 2017) da unificação de Jerusalém, tanto o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu quanto o presidente Reuven Rivlin fizeram um apelo ao mundo, para que os países que possuem boa relação com o Estado judeu mudassem suas embaixadas de Tel Aviv para Jerusalém, demonstrando reconhecimento que a cidade é, de fato, a capital israelense.

No Brasil, imerso em grande crise política, o assunto esteve silenciado por décadas, embora seja sabido que Israel conta com diversos apoiadores no Congresso, que desejariam ver os laços históricos entre os dois países se fortalecerem.

O silêncio foi quebrado, em pronunciamento na Câmara dos Deputados, no dia 1 de junho de 2017, o deputado Victório Galli (PSC/MT) tomou uma iniciativa inédita no país. Pediu abertamente que o Brasil mude a sua embaixada para Jerusalém e revise sua política externa. Este é um marco na relação dos dois países.

“O Brasil se distancia de Israel e se aproxima de anticristãos globalistas”, alertou ele. Em seu discurso, o parlamentar lamentou os votos dos representantes brasileiros, durante os governos do PT e Temer, em desfavor de Israel.

Lembrando da participação decisiva do embaixador brasileiro Osvaldo Aranha na condução da assembleia da ONU em 1947, que possibilitou a formação do Estado moderno de Israel, Galli chamou atenção para o histórico de boas relações entra os dois países.

“Mudemos a embaixada para Jerusalém e paremos de tentar deslegitimar o Estado de Israel e sua capital. É hora de voltarmos a dar exemplo ao mundo”, asseverou.

Meses depois, em 6 de dezembro de 2017, o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou a mudança efetiva da Embaixada americana de Tel Aviv para Jerusalém. E, em maio deste ano, 2018, Trump inaugurou a Embaixada na terra santa.

Em, 1 de novembro de 2018, o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), mesmo partido de Galli, afirmou que irá cumprir sua promessa de campanha e a Embaixada brasileira será transferida de Tel Aviv para Jerusalém.

Com informações: Jarbas Aragão
Marco Toledo / Marreta Urgente

Sobre o Autor

Talvez você também goste

RONDONÓPOLIS

FAKENEWS: “ESQUERDOPATAS” TENTAM DESACREDITAR A ESCOLHIDA DE BOLSONARO

Os grandes meios de comunicação da capital Cuiabá, geraram uma grande desinformação ao anunciar o cancelamento da convenção estadual do Patriotas que ocorre nesta segunda-feira (31), às 19h30. E vai

Notícias

Projeto de lei para estender Auxílio Emergencial até março

Dois senadores apresentaram um Projeto de Lei para prorrogar o estado de calamidade pública e estender o Auxílio Emergencial até o fim de março de 2021. O PL 5.495/2020 é

Notícias 0 Comentários

Deu Ruim: Escondeu Maconha na Marmita

Uma mulher que tentava entrar com porções de maconha na Penitenciária Central do Estado foi presa em flagrante, na manhã desta sexta-feira (20.09), em ação integrada da Sistema Prisional e

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Você pode ser o primeiro a comente este post!

Deixa uma resposta