Abandono da vacina – Mais de meio milhão de brasileiros não retornaram para receber a 2ª dose

Abandono da vacina – Mais de meio milhão de brasileiros não retornaram para receber a 2ª dose

Segundo cientistas, potencial de imunização pode ser inconsistente com apenas uma dose da vacina.

Dos cerca de 23 milhões de brasileiros que tomaram a primeira dose de vacina, meio milhão não retornaram para receber a 2ª dose do imunizante.

Cientistas alertam que o abandono vacinal pode comprometer a proteção do imunizante. Dados compilados pela “Folha de S. Paulo” revelam que o índice representa um abandono de 14,13%.

O levantamento levou em consideração apenas a Coronavc, uma vez que o intervalo entre doses do imunizante de Oxford/AstraZeneca é de 90 dias. Portanto, taxas de abandono desta vacina só podem ser calculadas a partir do fim deste mês. A Coronavac é a principal vacina contra a Covid-19 aplicada no Brasil. No primeiro mês de aplicação dos imunizantes, sete em cada 10 vacinados receberam a vacina produzida pelo Instituto Butantan.

Em relação aos estados brasileiros, a Bahia tem uma taxa de abandono vacinal calculada em 15,17%. Em Roraima e no Amazonas, a quantidade de pessoas que tomaram apenas a primeira dose da Coronavac e não voltaram para receber a segunda passa de 25%. As menores taxas de abandono da vacina estão em Alagoas e no Rio Grande do Norte, ambos abaixo de 7%. Os números foram baseados no DataSUS, sistema de informações do Ministério da Saúde.

Redação com IG Notícias

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Não categorizado

COVID-19 – Fiocruz prevê 28 mil casos de Covid até dia 11 em MT

O número de mortes por Covid-19 em Mato Grosso dobrou em nove dias e agora, devido à falta de Unidades de Terapias Intensivas (UTIs), a situação em Mato Grosso pode

Mundo

Covid-19|Morre Trini Lopez, cantor de La Bamba

O cantor norte-americano Trini Lopez morreu nesta terça, na Califórnia, por complicações decorrentes da Covid-19, aos 83 anos. Trini nasceu no Texas, filho de pais mexicanos, e começou a tocar

Não categorizado 0 Comentários

Filha busca a Justiça do Paraná para ser adotada pelo pai biológico.

Uma jovem e seu pai biológico procuraram a Justiça para revogar a adoção deferida anos antes ao padrasto da autora do processo. Segundo a ação, quando criança, a menina vivenciou