sábado, junho 22, 2024
More

    Siga o Marreta Urgente

    Últimas Postagens

    Chaves para acelerar o uso de medicamentos contra o câncer

    A pesquisa sobre o câncer e o desenvolvimento de terapias inovadoras estão em alta. No entanto, muitos desses avanços demoram a chegar a quem precisa deles – o paciente. O relatório “Medicina personalizada para o tratamento do câncer: Tão perto e tão longe”, elaborado pela equipe de Healthcare da LLYC, aborda a necessidade de se chegar a um acordo entre autoridades, organizações e empresas, com modelos de colaboração público-privados que promovam um diálogo com o paciente, um novo relacionamento e uma narrativa convincente para acelerar a adoção de medicamentos inovadores para o tratamento do câncer.

    Nesse sentido, o relatório aponta três ações:

    – Usar dados para entender melhor os insights de pacientes e médicos. Graças à Inteligência Artificial e ao uso de Big Data, agora é possível saber mais sobre as necessidades não atendidas e os padrões de comportamento. Compreender o contexto em que os tratamentos são diagnosticados e prescritos pode afetar os assuntos médicos, o acesso, a estratégia comercial, a comunicação e o planejamento de relacionamento. Além disso, o uso de novas tecnologias, canais e tendências em comunicação permite um envolvimento genuíno com o público.  

    – Implementar uma análise do cenário de políticas públicas e do ambiente regulatório. É fundamental ter uma equipe especializada, com conhecimento do ecossistema de saúde e das áreas terapêuticas, para entender as regulamentações atuais ou avaliar as iniciativas em favor dos pacientes. A meta deve ser trabalhar em coordenação com os tomadores de decisão para remover as barreiras que impedem os pacientes de acessar os tratamentos mais inovadores que cuidam e salvam vidas.

    – Uma nova narrativa baseada em inovação e colaboração através de parcerias. Isso requer uma abordagem colaborativa e ações que levem a inovação àqueles que mais precisam dela. Esse contexto representa uma oportunidade única de construir uma narrativa que posicione as empresas como participantes importantes na contribuição para a melhoria dos sistemas de saúde e dos pacientes. 

    Para  Javier Marín, diretor sênior de Healthcare das Américas na LLYC, a medicina personalizada para o tratamento do câncer está dando passos à frente, mas pode ir mais rápido. “A promoção de parcerias público-privadas é fundamental para oferecer uma resposta conjunta e melhorar os esforços para controlar essa doença. Isso requer vontade e um acordo urgente entre as autoridades de saúde, empresas farmacêuticas e de biotecnologia, de todas as organizações do setor, para que os avanços não sejam apenas esperançosos, mas uma realidade a curto prazo para o paciente”, ressalta.

    Deixe seu comentário

    Siga o Marreta Urgente

    Latest Posts

    Informe Publicitário

    Jornalismo Morreu ou foi assassinado ?

    BRASIL