segunda-feira, abril 15, 2024
More

    Siga o Marreta Urgente

    Últimas Postagens

    Tecnologia catarinense é reconhecida em evento da construção

    A indústria da construção civil catarinense vem ganhando cada vez mais destaque e protagonismo no cenário nacional e internacional, não apenas pela valorização imobiliária, mas principalmente pela produção de tecnologia construtiva. Esse foi o setor que mais gerou postos de trabalho desde 2020, o número de trabalhadores na construção cresceu 13,1% desde o início da pandemia, segundo dados do Observatório Fiesc 2023 e o setor ocupa a 1ª posição na participação do produto interno bruto industrial de Santa Catarina.

    Na noite desta quarta-feira, 09 de agosto, o gerente de operações da FG Empreendimentos, o engenheiro Gustavo Simas, participou da Concrete Show, um dos maiores eventos do setor da construção civil da América Latina, que aconteceu em São Paulo. Simas apresentou o case do Boreal Tower, abordando questões  tecnológicas e de inovação em arranha- céus.

    O engenheiro apresentou todo o processo de industrialização da construção do Boreal Tower, empreendimento com assinatura da FG Empreendimentos, falando de formas de alumínio para estrutura, fachada ventilada, piso elevado, piscina modulares que chegam prontas na obra. “Toda essa cadeira organizada de forma sistemática gera também mais postos de trabalho, uma vez que com o desenvolvimento de processo otimizados, também temos a necessidade da formação de mão de obra qualificada e especializada. Temos diversos cases na FG de empresas que nasceram para atender determinada demanda e que hoje atuam em todo o segmento”, exemplifica o engenheiro. 

    Gustavo Simas mostrou os índices que reforçam essa tendência, que também está alinhada com os objetivos de desenvolvendo social, os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU (Organização das Nações Unidas), no que tange a busca por um sistema ainda mais sustentável e reforça os dados apresentados pelo United States Green Building Council (USGBC), em que o Brasil é apontado como o quinto país com mais construções sustentáveis no mundo. O ranking, que leva em conta 180 países, é formado a partir de uma análise que envolve desde projetos em estágios iniciais até a operação de empreendimentos imobiliários. “Muito tem se falado sobre verticalização e a industrialização da construção civil e sobre a sustentabilidade desse processo – tanto economicamente para a cadeia produtiva como ecologicamente, e é por isso que precisamos mostrar os cases pioneiros e de sucesso na área”, explica Gustavo Simas.

    “Dentro deste contexto, apresentamos que é possível produzir em escala na indústria e instalar na obra, reduzindo prazos, melhorando a qualidade do produto e reduzindo resíduos. Saindo cada vez mais da construção artesanal para a profissionalização da cadeia produtiva”, explica Gustavo Simas.

    Dentre os itens que Simas destacou na apresentação, estão: qualificação da mão de obra, redução do cronograma, maior garantia de qualidade, segurança em todas as etapas, sustentabilidade e obra limpa. “No Boreal Tower projetamos uma redução de 60% nos resíduos produzidos”, destaca. E mais: “Importante destacar que todos esses processos apresentados e hoje aplicados são desenvolvidos dentro do departamento de inovação da FG, contando com benchmarketing internacional e com testes exaustivos para garantir o padrão de construção. Muitas dessas tecnologias, inclusive, começam a ser utilizadas por toda a cadeia produtiva, o que gera o desenvolvimento de todo o mercado”, finaliza Gustavo Simas.

    Deixe seu comentário

    Siga o Marreta Urgente

    Latest Posts

    Informe Publicitário

    CÂMARA -CUIABÁ - BALANÇO 2023

    Jornalismo Morreu ou foi assassinado ?

    BRASIL