terça-feira, fevereiro 20, 2024
More

    Siga o Marreta Urgente

    Últimas Postagens

    Mais empresas públicas estão assumindo compromissos climáticos, mas prazo para limitar aquecimento a 1,5°C encolhe novamente

    O número de empresas públicas globais a assumir compromissos climáticos tem crescido constantemente este ano, mas essas metas variam significativamente em sua abrangência e ambição, de acordo com o último Net-Zero Tracker MSCI, um indicador do progresso das mudanças climáticas das empresas de capital aberto dentro do All Country World Investable Market Index (ACWI IMI)1. O Net-Zero Tracker revela uma tendência clara entre as empresas listadas: mais compromissos climáticos, melhores divulgações, mas emissões de carbono cada vez maiores.

    Quase metade (44%) das empresas listadas já estabeleceu metas de descarbonização, o que é 8 pontos percentuais a mais do relatado no Net-Zero Tracker MSCI de outubro de 2022, mas isso não significa necessariamente que todas estejam administrando adequadamente sua intensidade de carbono. Apenas 17% das metas climáticas das empresas alinhariam emissões de carbono em toda a sua cadeia de valor com a ambiciosa meta de 1,5°C do Acordo de Paris.

    Mostrando ainda mais a gama de compromissos que estão sendo assumidos, menos de um terço (30%) de todas as metas publicadas visam atingir emissões líquidas zero, apesar da probabilidade de padrões voluntários e obrigatórios de divulgação climática corporativa entrarem em vigor em breve.

    O Net-Zero Tracker, lançado hoje pela MSCI, fornecedora líder de ferramentas e serviços críticos de apoioàdecisão para a comunidade global de investimentos, mostra que as empresas públicas devem esgotar sua parcela do orçamento global de emissões para limitar o aumento da temperatura a 1,5°C até outubro de 2026, dois meses antes do que o MSCI estimou anteriormente em outubro de 2022.

    As empresas públicas estão a caminho de emitir 11,2 gigatoneladas de emissões diretas de gases de efeito estufa do escopo 1 na atmosfera este ano, sem mudança em relação a 2022, apesar de assumirem mais compromissos de redução de carbono2. Isso as coloca rumo a aquecer o planeta em 2,7°C neste século, de acordo com a métrica “Aumento Implícito de Temperatura” da MSCI, com base em uma análise de suas futuras trajetórias de emissões e compromissos climáticos atuais.

    Para os investidores que tentam avaliar essas empresas para tomar decisões de portfólio conscientes em relação ao clima, houve um aumento no nível de divulgações, já que mais de um terço (35%) das empresas de capital aberto agora relatam emissões de escopo 3 decorrentes de seus fornecedores ou uso de seus produtos pelos clientes, um aumento de cinco pontos percentuais em relação a outubro do ano passado.

    Ativos privados apresentam menor intensidade de carbono

    Embora considerem frequentemente que as intensidades de carbono sejam mais altas nos mercados privados do que em suas contrapartes públicas, as estimativas da MSCI sugerem o contrário. Estima-se que as empresas privadas em quatro dos cinco grupos industriais mais intensivos em emissões produzam menos carbono do que seus equivalentes listados publicamente, de acordo com dados do ESG Research and Burgiss da MSCI3.

    Dentro dos cinco principais grupos industriais (serviços públicos, materiais, energia, transporte e alimentos, bebidas e tabaco), a intensidade média de carbono estimada para as empresas listadas é 76% maior do que para as empresas não listadas.

    Isso contribui para que investidores institucionais financiem quase 150 milhões de toneladas de emissões de CO2 das empresas privadas em seus portfólios de capital privado, dívidas e ativos reais4.

    Os atributos de emissões dos investimentos privados são impulsionados por tendências setoriais – em que empresas de capital privado são mais propensas a estar em subindústrias menos intensivas em emissões. Por exemplo, os setores das tecnologias da informação e dos cuidados de saúde representam, em conjunto, 47% do valor de mercado agregado das participações privadas institucionais, mas constituem apenas 6% das emissões. Em contraste, os setores de energia, materiais e serviços públicos representam apenas 6% do valor total do mercado privado e produzem quase metade das emissões financiadas estimadas.

    Sylvain Vanston, Diretor Executivo, Climate Change Investment Research, MSCI, comenta: “O recente relatório de síntese AR6 do IPCC é claro. As mudanças climáticas estão aqui, de forma mensurável, como previsto, e o risco de ruína completa é agora muito real. Estamos vendo um progresso maior das empresas públicas rumo ao alcance de metas climáticas essenciais, mas o Net-Zero Tracker da MSCI revela que permanece uma lacuna significativa entre seus compromissos climáticos e suas emissões de carbono.

    “A equação para os investidores é que eles devem lidar com os riscos de transição hoje ou enfrentar riscos físicos graves e irreversíveis amanhã, e que eles têm um papel a desempenhar na condução da mudança existencial necessária. Os investidores podem usar suas alavancas estratégicas, incluindo alocação de ativos, investimentos verdes e engajamento com conselhos e formuladores de políticas, para ajudar não apenas a colocar as empresas em um caminho carbono zero, mas também incentivar as mudanças regulatórias necessárias para nivelar as condições de jogo entre elas.

    “Empresas públicas e privadas e investidores devem agir urgentemente, pois este relatório mostra claramente que o tempo está se esgotando e não estamos no caminho certo para limitar o aquecimento global a 1,5°C.”

    Sobre a MSCI Inc.

    A MSCI é líder no fornecimento de ferramentas e serviços de suporte a decisões cruciais para a comunidade mundial de investimentos. Com mais de 50 anos de experiência em pesquisa, dados e tecnologia, podemos tomar melhores decisões de investimento ao permitir que clientes entendam e analisem os principais aspectos de risco e retorno bem como elaborem com confiança portfólios mais efetivos. Criamos soluções aprimoradas de pesquisa com liderança no setor, as quais os clientes usam para obter percepções e aperfeiçoar a transparência ao longo do processo de investimento.

    Sobre os produtos e serviços da MSCI ESG Research

    Os produtos e serviços de Pesquisa ESG da MSCI são fornecidos pela MSCI ESG Research LLC e foram projetados para proporcionar pesquisas, classificações e análises detalhadas de práticas comerciais ambientais, sociais e de governança para empresas do mundo inteiro. As avaliações, dados e análises ESG da MSCI ESG Research LLC. também são usados na construção dos índices ESG da MSCI. A MSCI ESG Research LLC é uma consultoria de investimentos registrada nos termos da Lei de Consultores de Investimentos de 1940 e uma subsidiária da MSCI Inc.

    Para saber mais, acesse msci.com

    Notas aos Editores

    1 Em 31 de março de 2023.

    2 Uma gigatonelada equivale a um bilhão de toneladas.

    3 Baseado em uma análise de dados da MSCI ESG Research and Burgiss, em 30 de setembro de 2022. A Burgiss é uma fornecedora global de dados e pesquisas para investimentos alternativos.

    4 Essa estimativa de emissões de ativos privados não inclui a pegada de carbono completa de todos os ativos não listados, cuja propriedade se estende além dos investidores institucionais para outras empresas públicas e privadas, bem como para os governos. As empresas do mundo listadas estão a caminho de emitir 11,2 bilhões de toneladas de emissões diretas (escopo 1) de carbono este ano.

    Metodologia

    O modelo de Aumento de Temperatura Implícito da MSCI é uma medida prospectiva do impacto climático que mostra o potencial de aquecimento estimado de uma empresa ou portfólio em graus Celsius com base em suas emissões atuais de gases de efeito estufa e trajetória projetada de emissões.

    O modelo indica a mudança na temperatura média global neste século se toda a economia tiver o mesmo superfaturamento ou subfaturamento de carbono que a empresa ou portfólio em questão.

    Embora se baseie em dados diferentes, a projeção do aumento de temperatura implícito agregado das empresas listadas neste relatório é semelhante às projeções de aquecimento global com base nos compromissos climáticos nacionais dos países, se as políticas e ações para alcançá-los forem totalmente implementadas. Ambas as estimativas refletem a ambição climática.

    O modelo Implícito de Aumento de Temperatura da MSCI é recalculado quinzenalmente para refletir as últimas metas de descarbonização e dados de emissões das empresas, e trimestralmente para refletir atualizações em dados financeiros. Também evolui ao longo do tempo.

    Este comunicadoàimprensa contém declarações prospectivas dentro do significado da Lei de Reforma de Litígios de Títulos Privados de 1995. Declarações prospectivas se referem a eventos ou desempenho futuro, envolvendo riscos que podem fazer com que resultados ou desempenho reais sejam materialmente diferentes, sendo que você não deve depositar confiança indevida neles. Os riscos que podem afetar os resultados ou o desempenho estão no Relatório Anual da MSCI no Formulário 10-K para o ano fiscal mais recente concluído em 31 de dezembro e apresentadoàSEC. A MSCI não se compromete a atualizar quaisquer declarações prospectivas. Nenhuma informação aqui contida constitui conselho de investimento ou deve ser considerada como tal. A MSCI não concede nenhum direito ou licença para usar seus produtos ou serviços sem uma licença apropriada. A MSCI NÃO OFERECE NENHUMA GARANTIA EXPRESSA OU IMPLÍCITA DE COMERCIALIDADE, ADEQUAÇÃO A UM FIM ESPECÍFICO OU OUTRO REFERENTE ÀS INFORMAÇÕES AQUI CONTIDAS E SE ISENTA DE TODA RESPONSABILIDADE ATÉ O LIMITE MÁXIMO PERMITIDO POR LEI.

    O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

    Contato:

    Consultas da Mídia

    [email protected]

    Melanie Blanco +1 212 981 1049

    Tina Tan +852 2844 9320

    Calum MacDougall +44 7876 836 759

    Atendimento Global ao Cliente MSCI

    Atendimento ao Cliente EMEA + 44 20 7618.2222

    Atendimento ao Cliente Américas +1 888 588 4567 (grátis)

    Atendimento ao Cliente Ásia Pacífico + 852 2844 9333

    Fonte: BUSINESS WIRE

    Deixe seu comentário

    Siga o Marreta Urgente

    Latest Posts

    Informe Publicitário

    AMOR ALÉM DA VIDA

    Jornalismo Morreu ou foi assassinado ?

    BRASIL