sexta-feira, abril 19, 2024
More

    Siga o Marreta Urgente

    Últimas Postagens

    Academia prepara profissionais para promover mudanças mais ágeis nas empresas

    Indivíduos e interações são mais importantes que processos e ferramentas; colaboração com o cliente é superior à negociação de contratos e responder a mudanças vale mais que seguir um plano. Esses são alguns dos princípios da Metodologia Ágil, criada por desenvolvedores de softwares, no início deste século, com a finalidade de entregar melhores soluções em prazos mais desafiadores.

    Nos últimos anos, essa mentalidade vem sendo aplicada também na gestão de negócios. Mas agora, diante das mudanças cada vez mais rápidas e constantes do mercado, profissionais de todas as áreas precisam desenvolver uma mentalidade ágil para impulsionar transformações nas empresas.

    Essa é a proposta da Academia de Agilistas, que está sendo lançada pela Ekantika Learning Lab, consultoria especializada em experiências de aprendizagem pragmáticas e com impacto organizacional. “Nosso diferencial é trazer a teoria das Metodologias Ágeis para a prática diária, de acordo com o grau de maturidade de cada empresa e sua equipe”, diz Vanessa Pacheco, diretora da Ekantika Learning Lab.

    Segundo ela, a Academia de Agilistas oferece uma formação completa para profissionais de todos os níveis, de estagiários a executivos. “Cada vez mais, as empresas buscam profissionais capazes de se adaptar rapidamente às mudanças. Nosso foco é preparar times para promover as transformações que cada empresa precisa”, completa.

    A diretora detalha como funciona o programa de capacitação para os diferentes níveis de profissionais. “Além de mapear o nível de maturidade de cada profissional, acompanhamos seu desenvolvimento, com treinamentos teóricos aplicados em situações práticas que, aliados a mentorias, trazem mais agilidade ao dia a dia”, relata.

    No caso de trainees e estagiários, por exemplo, os consultores da Ekantika Learning Lab atuam como mentores da filosofia ágil, acompanhando cada projeto definido pelo grupo a ser trabalhado durante a condução da formação.

    “Em alguns setores mais dinâmicos, como tecnologia, por exemplo, os negócios já nascem preparados para mudanças rápidas e contínuas. Já em outros segmentos mais tradicionais, como grandes indústrias, a transformação cultural deve ser feita aos poucos”, pontua Vanessa.

    A especialista também faz um alerta às empresas: “Como as metodologias ágeis estão muito em voga ultimamente, alguns cursos rápidos oferecem noções básicas, mas que não são suficientes para garantir a aplicação da filosofia ágil no dia a dia. Por isso criamos a Academia de Agilistas, cujo programa inclui o acompanhamento da mentalidade ágil na prática, até que estes profissionais possam promover as transformações necessárias em cada negócio”, conclui.

    Para mais informações sobre a Academia de Agilistas, basta acessar: https://ecossistema.ekantika.com.br/academia-de-agilistas

    Deixe seu comentário

    Siga o Marreta Urgente

    Latest Posts

    Informe Publicitário

    CÂMARA -CUIABÁ - BALANÇO 2023

    Jornalismo Morreu ou foi assassinado ?

    BRASIL