quinta-feira, fevereiro 22, 2024
More

    Siga o Marreta Urgente

    Últimas Postagens

    Avanço da eletrificação veicular potencializa atuação de empresas no Brasil

    Depois da largada da eletrificação veicular no Brasil, o mercado segue em alta velocidade em direção à consolidação dessa alternativa de mobilidade urbana sustentável. Somente no mês de abril, o emplacamento de veículos leves eletrificados chegou a 4.793, alta de 53,5% em relação ao mesmo mês de 2022, quando as unidades alcançaram 3.123. Como tem acontecido em todos os meses deste ano, abril de 2023 foi o melhor mês de abril de toda a série histórica da Associação Brasileira do Veículo Elétrico (ABVE), iniciada em 2012, conforme levantamento da instituição.

    Em relação à comercialização, as vendas de veículos leves eletrificados alcançaram 19.579 no primeiro quadrimestre de 2023, o que representa um aumento de 51% ante o mesmo período do ano passado, quando foram registrados 14.989, conforme a ABVE. E tudo indica que o percurso das vendas não terá freios. A estimativa é de que a comercialização desses veículos seja impulsionada de 2027 a 2040, período em que a frota elétrica terá superado a casa de 35 milhões de unidades, conforme projeções sobre eletrificação veicular realizadas pela Strategy&, consultoria estratégica da PwC Brasil.

    Em meio a esse movimento de expansão, a Nansen atua em grandes projetos de mobilidade elétrica no Brasil. “Estamos muito otimistas com esse cenário que abre um leque de possibilidades para o incremento dos nossos negócios. É nítido que o futuro da eletromobilidade é um caminho sem volta”, diz o CEO da empresa, Alexandre Suprizzi. 

    Importantes centros urbanos do país têm demandado infraestrutura para mobilidade elétrica. Em São José dos Campos (SP), onde os ônibus elétricos, conhecidos por Veículos Leves sobre Pneus (VLPs), fazem parte do transporte público, a empresa é responsável pelo fornecimento de infraestrutura de recarga elétrica. Hoje, 12 ônibus articulados 100% elétricos circulam pela cidade. Uma das vantagens desse tipo de coletivo é que não emite carbono, não gera ruído e proporciona uma viagem mais confortável.

    O gerenciamento das estações de recarga é feito por meio de software de gestão próprio da empresa. O sistema possibilita monitorar o consumo de energia, veículos que estão utilizando o carregador, sistemas de pagamento pela energia consumida e um acompanhamento online do processo de recarga que ocorre em campo. Por meio dos relatórios de consumo, é possível o auxílio na tomada de decisões sobre o uso da energia e economia de recursos. A empresa também atua em Salvador (BA), onde está à frente do projeto de instalação de dez terminais de recarga para a frota de ônibus elétricos da cidade. Os equipamentos têm a capacidade de recarregar 20 veículos simultaneamente.

    Deixe seu comentário

    Siga o Marreta Urgente

    Latest Posts

    Informe Publicitário

    AMOR ALÉM DA VIDA

    Jornalismo Morreu ou foi assassinado ?

    BRASIL