domingo, fevereiro 25, 2024
More

    Siga o Marreta Urgente

    Últimas Postagens

    Aniversário da imigração japonesa celebra tradições e legado cultural no país

    No ano de 1908, o navio Kasato Maru aportava no Brasil, no Porto de Santos, trazendo a primeira geração de imigrantes japoneses. A vinda desses imigrantes foi motivada por interesses dos dois países: o Brasil precisava de mão-de-obra para trabalhar nas fazendas de café, principalmente nos estados de São Paulo e do Paraná, e o Japão buscava aliviar a tensão social vivida pelo país, causada pelo alto índice demográfico que apresentava à época.

    Atualmente, o território brasileiro abriga a maior população japonesa fora de sua terra natal. A entrada do povo japonês no Brasil foi de extrema importância para a construção e o desenvolvimento do país.

    Na gastronomia, essa herança se manifesta em grandes casas de culinária autêntica, construídas sob o legado das famílias de imigrantes. É o caso dos Yamamoto, que fundaram o restaurante Massae San Sushi na cidade de São Paulo em 2010. Sua história em terras brasileiras começa em 1957, quando chegaram de Nagano, Japão. O primeiro a vir para o país foi Takuji, aos 22 anos, filho mais velho de Nobuyuki e Massae.

    Dona Massae era apaixonada pela gastronomia japonesa e cozinhava um oyakodon (prato típico com arroz, frango e ovo) apreciado por todos. A culinária passou a ser um negócio para os Yamamoto por meio do teuchi udon (macarrão de trigo feito à mão) que Noboyuki e Massae preparavam e os filhos vendiam para a colônia japonesa instalada na Liberdade. Motivada pelo sucesso obtido com as vendas de udon, a família abriu no bairro, em 1969, seu primeiro restaurante, o Misuzu. Dona Massae logo tomou a frente do empreendimento, que permaneceria aberto até que ela completasse 73 anos de idade e resolvesse se aposentar.

    Em outubro de 2010, seria iniciado outro projeto com a inauguração do Shigueru Sushi, nome anterior do Massae San Sushi, escolhido na ocasião para homenagear o amigo e colaborador de anos Shigueru Hirano. Agora, o restaurante está na terceira geração dos Yamamoto sob o comando feminino de Thais, neta de Massae, sua mãe Marisa e sua tia Eiko. “Na culinária japonesa, as mulheres têm desempenhado um papel vital na preservação e inovação dos pratos tradicionais. E isso se repete aqui no Massae”, diz Thais.

    Para celebrar o Dia Nacional da Imigração Japonesa –  celebrado no dia 18 de junho –, o Massae San Sushi criou um menu que será servido até o final do mês de junho para homenagear a matriarca da família, dona Massae, festejar esta data tão importante no Brasil e homenagear a maior comunidade japonesa fora do Japão.

    O menu comemorativo será o Teishoku Especial da Imigração Japonesa, já que o teishoku é considerado uma refeição tradicional para os japoneses.  O menu se adequa a dias frios, pois abrange pratos quentes – tais como grelhado de salmão ou anchova, tempurá de camarão e legumes, gohan, nimono e missoshiru –, acompanhada de uma seleção de sushis (pescado do dia, vieira, lula e polvo).

    Com 12 anos de operações, o Massae San Sushi segue fiel à gastronomia tradicional japonesa. No menu, o Omakase é servido no balcão da casa. Os detalhes de ambiente típico japonês, os tatames, e o balcão feito por marceneiros japoneses que não utilizam pregos ou parafusos, mas apenas encaixes, contribuem para criar uma atmosfera similar a do país do sol nascente.

    Deixe seu comentário

    Siga o Marreta Urgente

    Latest Posts

    Informe Publicitário

    AMOR ALÉM DA VIDA

    Jornalismo Morreu ou foi assassinado ?

    BRASIL