segunda-feira, março 4, 2024
More

    Siga o Marreta Urgente

    Últimas Postagens

    Projeto beneficia comunidades com bibliotecas feitas a partir de geladeiras

    Geladeiras recicladas que viram minibibliotecas para comunidades ribeirinhas e rurais de Manaus é o objetivo do projeto “Descongele sua Leitura”. Neste ano, a meta é entregar 11 unidades para a população com a parceria da secretaria municipal de educação da capital amazonense e contribuir com a sustentabilidade e o incentivo à leitura. 

    O projeto faz parte das atividades do Centro Universitário Fametro, Unidade Sul, localizada no bairro Cachoeirinha, em Manaus, e conta com a participação de alunos de todos os cursos da instituição.

    Além das bibliotecas feitas a partir de geladeiras recicladas, o projeto também oferece, durante as visitas às comunidades, serviços pedagógicos, atendimentos psicológicos, exames rápidos, entre outros, com alunos de diversos cursos da Fametro Sul.

    “Iremos planejar o cronograma com a Semed para iniciar as entregas para as comunidades ainda no primeiro semestre. A secretaria nos ajuda a identificar os locais que mais precisam desses serviços”, informa o gestor da unidade, Alberto Bezerra. 

    Em 2022, o “Descongele sua Leitura” alcançou três comunidades em Manaus, com bibliotecas entregues nas escolas municipais Sílvio Romero, Epitácio Nunes da Fonseca e Escola Municipal São Francisco das Chagas.

    Ainda de acordo com Alberto Bezerra, o projeto ao se pensar na questão ambiental no Amazonas, como o descarte incorreto de lixo nos igarapés e o reaproveitamento desses materiais para a utilização da comunidade. 

    “A geladeira reformada é um símbolo do que víamos quando os igarapés transbordavam e o lixo acumulado aparecia. A geladeira aparece boiando em muitos desses casos. Esse item vira uma pequena biblioteca para incentivar a leitura, mas outros materiais viram também brinquedos de diferentes tipos, que são entregues nas comunidades”, destaca Bezerra.

    Nas atividades transversais, uma das metodologias da faculdade, cada curso fica responsável por encontrar geladeiras abandonadas, reformá-las e decorá-las, além da busca de doadores de livros para compor a pequena biblioteca. 

    “Nestas atividades transversais também são criados vários projetos, como arrecadação de garrafas de plástico, sobre o descarte correto de medicamentos vencidos, tudo para sensibilizar a comunidade sobre a questão ambiental e mostrar o que pode retornar de utilidade para eles”, ressalta Bezerra. 

    Participantes

    Alunos que já participaram das entregas nas comunidades, relatam sobre os desafios e recompensas de participar do projeto. O estudante do 3º período de enfermagem, Jailson Santana, explicou que os alunos trabalham com a política dos três Rs: reduzir, reciclar e reutilizar. 

    “É desafiador buscar materiais nas comunidades, achar as geladeiras, as doações de livros, mas é essencial mostrar pra eles que os materiais que eles jogam foram podem servir a comunidade, é dar vida a algo morto”, conta. 

    Fabiane Neves, do 7º período de Pedagogia, ressalta que a instituição estimula como parte das metodologias visitas às comunidades de Manaus para entrar em contato com a realidade local. “É um processo de muito aprendizado entrar em contato diretamente com a comunidade ribeirinha, entender a realidade de quem mora ali para depois possamos beneficiá-los com o que aprendemos em sala de aula”.

    Deixe seu comentário

    Siga o Marreta Urgente

    Latest Posts

    Informe Publicitário

    AMOR ALÉM DA VIDA

    Jornalismo Morreu ou foi assassinado ?

    BRASIL