terça-feira, abril 23, 2024
More

    Siga o Marreta Urgente

    Últimas Postagens

    Aumentam oportunidades no interior pós-pandemia de Covid-19

    A pandemia da Covid-19 impactou a vida das pessoas de diversas formas, inclusive criando e intensificando muitos hábitos. Várias pessoas ainda seguem com eles, como desinfetar todos os produtos que chegam da rua, utilização da máscara quando se está doente ou a testagem de farmácia ao sinal de sintoma. 

    As pessoas também tiveram que passar mais tempo em casa, e atualmente há quem ainda siga trabalhando home office, por exemplo. Assim, os apartamentos tornaram-se “pequenos” para muitas famílias que acabaram optando por mudar-se para casas e condomínios fechados, principalmente no interior. 

    Segundo o jornal O Estadão, foi realizada uma pesquisa pela consultoria Brain que ouviu 1,2 mil pessoas que adquiriram imóveis entre agosto de 2021 e agosto de 2022. 15% destas escolheram um terreno em condomínio fechado para morar. E o tempo passado dentro de casa ainda fez com que o brasileiro olhasse mais para seu lar e pensasse em mais melhorias neste sentido.

    Essas mudanças foram potencializadas por aplicativos que levam serviços e produtos a cada vez mais regiões, possibilitando aos consumidores comprar sem sair, evitando aglomerações, e contribuindo também para que prestadores de serviços continuassem trabalhando. Desta forma, serviços como o de piscineiro, jardineiro, montador de móveis ou instalador se tornam mais procurados pelas pessoas. 

    Para William Kassis, CEO da Repfy, aplicativo que conecta pessoas a prestadores de serviços, essa movimentação fez com que inclusive empresas abrissem mais os olhos para oportunidades em cidades do interior. “Não estar presente em cidades do interior, como Campinas e Indaiatuba, por exemplo, significaria perder negócio. As oportunidades, hoje, não moram só nas capitais”.

    Deixe seu comentário

    Siga o Marreta Urgente

    Latest Posts

    Informe Publicitário

    CÂMARA -CUIABÁ - BALANÇO 2023

    Jornalismo Morreu ou foi assassinado ?

    BRASIL