sábado, abril 20, 2024
More

    Siga o Marreta Urgente

    Últimas Postagens

    12 milhões|Desperdício de dinheiro público em livros didaticos pela prefeitura de Rondonópolis (vídeo)

    O Observatório Social de Rondonópolis (OSR), publicou um vídeo onde denuncia a prefeitura de Rondonópolis de desperdício de quase R$12milhoes em material didático para escolas de ensino fundamental do município.

    Segundo o vídeo o governo federal encaminhou para as escolas municipais um material didático bem formulado e apresentado, que estimula as crianças realmente ao conhecimento e não custou nada aos cofres públicos do nosso município, no entanto a prefeitura não usou esse material e optou em gastar R$ 11.042.115,00 (Onze milhões quarenta e dois mil, cento e quinze Reais) com custo unitário de R$ 420,00 em um kit de apostila impressa encadernada com material próprio do município. Este material confeccionado pela prefeitura de Rondonópolis, não seria o ideal, pois não é um livro didático elaborado; não estimula o aprendizado do aluno, além de muito inferior ao enviado pelo governo federal.

    O questionamento do observatório é que além das crianças não contarem com o material de qualidade; a prefeitura desperdiça milhões, sem trazer um benefício efetivo para a sociedade. A Câmara municipal aprovou a compra do material e os livros enviados pelo governo federal estão desde o início do ano letivo encaixotados nas unidades escolares.

    Outro Lado

    A Secretaria Municipal de Educação explica que, nesse ano letivo de 2022, está utilizando o sistema apostilado bem como os materiais didáticos enviados pelo Governo Federal e destaca que ambos ainda estão sendo distribuídos para as escolas da rede.
    A Secretaria informa ainda que os materiais didáticos fornecidos pelo Governo Federal são também utilizados pelas Unidades Educacionais como mais um recurso pedagógico e que a Rede Municipal de Ensino, percebendo a necessidade de um material mais preciso e sequenciado, principalmente nesse período pós pandêmico, adota o sistema apostilado para as Escolas da rede. A Secretaria Municipal de Educação passou também a utilizar o sistema apostilado para a Educação Infantil (4 e 5 anos), possibilitando o letramento e garantindo o direito à apropriação das culturas do escrito.
    Além disso, a Pasta ressalta que o valor total comprado do material do método didático-pedagógico apostilado foi de R$ 8,9 milhões. Sendo que R$ 12 milhões era o preço de referência da licitação.
    A utilização dos materiais didáticos com sistema apostilado está sendo introduzido também em outros municípios e pelo Governo do Estado.

    Deixe seu comentário

    Siga o Marreta Urgente

    Latest Posts

    Informe Publicitário

    CÂMARA -CUIABÁ - BALANÇO 2023

    Jornalismo Morreu ou foi assassinado ?

    BRASIL