Zé Carlos do Pátio derrota Percival e volta em 2017

Zé Carlos do Pátio derrota Percival e volta em 2017

Zé do Pátio foi eleito prefeito com 36,22% dos votos

ze do patioZé Carlos do Pátio (SD) será o novo prefeito de Rondonópolis a partir de janeiro de 2017, o deputado estadual venceu a disputa contra Percival Muniz (PPS) com 39.352 votos e sacramentou sua volta à chefia do Executivo da maior cidade do interior do Mato Grosso. Zé do Pátio foi eleito prefeito com 36,22% dos votos.

Vai administrar Rondonópolis pela segunda vez. O prefeito eleito esteve à frente do executivo municipal entre 2008 até a metade 2012.

Nos últimos dias, o atual prefeito Percival Muniz iniciou uma estratégia na cidade, de disseminar o argumento que quem votasse no tucano iria “eleger” Pátio, numa tentativa de se valer da rejeição do candidato do Solidariedade e trazer votos a si, com a projeção de que Rogério não teria forças para ganhar. Aparentemente, no entanto, sua própria rejeição era igual ou maior que a de Zé, porque os esperados quase 30 mil votos de Rogério vieram e a tentativa do líder do PPS não vingou.

O candidato Rogério Salles (PSDB), que tinha o apoio do governador Pedro Taques (PSDB), ficou em terceiro lugar, com 27,54%. O quarto colocado foi Rubens Cantuário (PSOL), que teve 1,45%.

A coligação de Pátio, “Desenvolvimento para Todos”, é formada pelos partidos: SD, PTB, PHS, PEN, PMN, PTN, PRTB, REDE e PMB. O novo prefeito terá tempo para conversar com as lideranças sobre as necessárias composições com as grandes siglas, para conseguira maioria na  necessária na Câmara de Vereadores para governar.

Da redação com NMT.

 

 

Talvez você também goste

RONDONÓPOLIS

DEVEDOR DE PENSÃO ALIMENTÍCIA PODE SER NEGATIVADO!

Como é sabido por muitos, a inadimplência da pensão alimentícia pode resultar em prisão civil do(a) devedor(a) de alimentos, em regime fechado, podendo ser decretada de 1 a 3 meses.

Destaques

TAQUES PEDE MAIS RESPEITO COM OS DEPUTADOS DEPOIS DE VAIAS

Passado quase um ano do escândalo das fraudes que ocorreram em licitações de 23 obras em escolas em que envolvia servidores da Secretaria Estadual Educação de Mato Grosso (Seduc), Pedro

Destaques

WhatsApp na “republiqueta” do Brasil

A juíza que determinou o bloqueio do WhatsApp em todo o Brasil ficou irada porque o Facebook respondeu a uma de suas decisões com um e-mail em inglês — e