VEREADOR ORESTES PREOCUPADO COM MATAGAL E ANIMAIS PEÇONHENTOS EM ESCOLA

INDICAÇÃO PARA LIMPEZA IMEDIATA ANTES DO RETORNO DAS AULAS

Preocupado com a situação de abandono em que se encontra o pátio da Escola Estadual Stela Maris Valeriano da Silva localizada no bairro Edelmina Querubim, e que segundo denúncias de pais de alunos e servidores da instituição, se encontra tomada por matagal; e como o período letivo está prestes a ser retomado (13/03/2017), o vereador efetuou um pedido informal via através de seu programa radiofônico matinal “Bom Dia Cidade”, levado ao ar todas as manhãs pela Rádio104,9 FM, para que a limpeza seja feita o mais o rápido possível.

Não satisfeito, o vereador também protocolou no poder legislativo, uma indicação endereçada ao presidente da Companhia de Desenvolvimento de Rondonópolis – Coder, José Severino Neto, com cópias à Secretária Municipal de Educação, Carmem Garcia Monteiro, mostrando a essas autoridades a necessidade urgente de se fazer a limpeza no pátio e dependências da referida Escola.

Conforme a justificativa do vereador, faz se necessária uma urgente limpeza do local, e a retirada do matagal que toma conta da área externa no pátio da referida unidade escolar, o que de acordo com professores e pais de alunos, expõe de forma desnecessária os alunos e crianças que ali vão estudar.

Ainda conforme informações veiculadas nas redes sociais, através de um vídeo amador produzido por uma mãe de aluno preocupada com a segurança das crianças, animais peçonhentos estão sendo localizados no pátio da escola, como cobras, aranhas caranguejeira e ratos, entre outros.

Como a escola é estadual, mas abriga cerca de 160 alunos de até seis anos de idade, da Rede Pública Municipal oriundos da Escola Municipal Irmâ Elza Geovanella, todo cuidado é pouco, já que estas crianças deverão circular e correr pelo pátio brincando, e podem vir a ser vitimas de um acidente com um animal peçonhento, como uma aranha caranguejeira que foi morta pelo vigia (foto).

Os servidores da escola já estão inclusive, se organizando, para eles mesmos limpar a escola, caso as autoridades não tomem nenhuma providencia.

“Como o nosso dever é estar ajudando o governo municipal a zelar pela cidade, estamos apresentando esta reivindicação, que irá sanar os problemas de professores/ servidores e colaboradores, bem como dos alunos e crianças que estudam na referida unidade educacional”, argumenta o parlamentar.

 

 

Assessoria com Redação