VAZAMENTO DE AMÔNIA NO FRIGORÍFICO JBS EM CAMPO GRANDE- MS

VAZAMENTO DE AMÔNIA NO FRIGORÍFICO JBS EM CAMPO GRANDE- MS

Cerca de 400 trabalhadores passaram mal; 12 foram parar no hospital

Fiscais do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) e a Polícia Militar Ambiental (PMA) fazem vistorias na manhã desta sexta-feira (7), no frigorífico JBS, em Campo Grande.A fiscalização é por conta do vazamento de amônia ocorrido quinta-feira (6) na unidade, fazendo com que 400 funcionários passassem mal.

A PMA vai avaliar se houve algum dano ambiental. Já o Ministéio do Trabalho vai apurar as causas do acidente e saber se o sistema de segurança do frigorífico funcionou, pois unidades desse tipo precisam ter equipamentos que detectam vazamento de gás para alertar os trabalhadores.

“Nós vamos precisar avaliar o ambiente de trabalho como um todo, a planta industrial, o processo produtivo, as funções envolvidas naquela situação, sistema de segurança. Isso pode demandar um tempo considerável, alguns dias ainda, até nós termos o resultado que consigamos indicar ou identificar as possíveis causas desse acidente” explica o auditor fiscal do Ministério do Trabalho, Wallace Pacheco.

Vazamento de amônia

Dez viaturas do Corpo de Bombeiros e seis do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram chamadas para socorrer funcionários do frigorífico JBS.

Doze pessoas foram levadas para hospitais da cidade, entre elas quatro mulheres grávidas. Vários outros funcionários procuraram as unidades de saúde por conta própria. Alguns foram socorridos por motoristas que passavam em frente à empresa.

Todos os funcionários que chegavam para trabalhar no turno da tarde foram mandados de volta para casa por que o frigorífico foi interditado.

No momento do acidente muitos funcionários estavam no vestiário, que fica ao lado do local do vazamento. A unidade da JBS de campo grande é a maior do Centro-Oeste e uma das maiores do Brasil, onde trabalham aproximadamente 1400 funcionários.

Confira na íntegra a nota da JBS sobre o vazamento na unidade de Campo Grande:

“A JBS esclarece que na tarde de hoje (06) houve um vazamento de amônia em sua unidade de Campo Grande (MS), localizada na Rod. BR60,  que foi rapidamente controlado. Por precaução, a unidade foi imediatamente evacuada. Alguns colaboradores foram encaminhados aos postos de saúde locais e todos estão fora de risco. A JBS informa ainda que as causas do ocorrido estão sendo apuradas pela empresa. As operações estão temporariamente suspensas até que o local seja liberado pelo Corpo de Bombeiros”.

Outros casos

Este foi o terceiro acidente semelhante em seis meses, em Mato Grosso do Sul. Em outubro do ano passado e em fevereiro deste ano vazamentos de amônia aconteceram em um frigorífico da Marfrig, em Bataguassu, a 322 quilômetros de Campo Grande, 29 pessoas foram intoxicadas

 

Fonte;g1.com /Redação

Talvez você também goste

Notícias

“MISS BRASIL DAS AMÉRICAS PLUS SIZE ” GEIZA SCHREIBER REPRESENTA O MT

Geiza Pereira de Souza Schreiber que venceu em 2016 o concurso Miss Brasil Quatro Estações Plus Size, vai representar Mato Grosso no concurso Miss Brasil das Américas Plus Size 2017,

Brasil

JUIZ DIZ QUE ADMINISTRADORES DE MANDALA SERÃO INDICIADOS

O juiz Manoel Simões Pedroga, da Comarca do Bujari (AC), disse em sua página no Facebook que quem for identificado nas redes sociais fazendo propaganda da Mandala “provavelmente serão [sic]

Destaques

DISTRITO INDUSTRIAL ESTÁ INTRAFEGÁVEL

Zé Carlos do Pátio começa a semana com a organização de seu gabinete e secretários que irão compor a sua gestão, no entanto o forte temporal ocorrido na tarde de