RONDONÓPOLIS HAWKS FUTEBOL AMERICANO AO ESTILO BRASILEIRO

RONDONÓPOLIS HAWKS FUTEBOL AMERICANO AO ESTILO BRASILEIRO

DEDICAÇÃO TOTAL AS COMPETIÇÕES DE FUTEBOL AMERICANO

Leonardo,Indio e Matheus

Formado por atletas com média de idade de 20 anos, a Associação Atlética Rondonópolis Hawks é o time de futebol americano da cidade e conquista a cada ano a simpatia do público.

Focado em duas competições os Campeonatos mato-grossense e Brasileiro, a intensidade dos treinos é grande e sempre prepara a equipe para despontar nos jogos.

Matheus Barozzi, que além de jogador é o presidente do clube, conta que o maior desafio para o futebol americano em Rondonópolis são os patrocinadores.

“O custo anual para manter a equipe gira em torno de 60 mil reais e sem apoio, não é tarefa fácil disputar duas competições, mesmo com todas as limitações o Rondonópolis Hawks, só fez bonito nos campeonatos que disputou”.

Ele joga na posição de Quarterback (lançador) é o cérebro do time.

Campanhas da equipe:

  • Vice-campeão do mato-grossense em 2014
  • 4º colocado em 2015
  • 3º colocado em 2016
  • No Brasileiro a melhor colocação foi chegar as 4ª de final sendo campeão invicto do seu grupo.

“Estamos prontos para sermos campeões e com a experiência que temos acreditamos que 2017 será um ano de vitorias”. Disse Matheus

Outro jogador importante do time é Luiz Fernando Índio Souza, que joga como Wide Receivers (Recebedores) são jogadores rápidos que se deslocam em rotas curtas e longas para receber ou corrigir passes. Para Índio como é chamado no futebol americano o convite para treinar fez o advogado virar jogador e maior apaixonado pelo esporte.

“Importante representar Rondonópolis no Brasil e ainda praticar um esporte coletivo de qualidade”. Relatou.

Leonardo Candido, Quarterback de 18 anos o futebol americano sempre foi familiar, pois desde a infância acompanhava o esporte pela TV.

“Ser jogador é como ganhar uma promoção da sala de casa para o campo”. Disse o jovem talento.

O Rondonópolis Hawks, também trabalha o projeto social com crianças, o ‘Touchdown pela Vida’ trazendo as crianças para o esporte e proporcionando uma nova oportunidade de saúde e bem estar, o aspecto social como em todo esporte ajuda a formar o caráter do futuro cidadão.

O maior desafio da equipe é o financeiro e a modalidade precisa ser tratada com maior ênfase pela Secretaria Municipal de Esportes.

Para ter maior poder de disputa e certeza de títulos a “cereja do bolo” seria a contratação de um treinador ou “Coach” como é chamado na modalidade.

Atualmente as equipes do Cuiabá Arsenal e Sorriso Hornets possuem técnicos de nacionalidade americana, já o Sinop Coyotes tem um Coach Brasileiro.

Mesmo com os desafios e obstáculos o Rondonópolis Hawks, reúne uma média de público em suas partidas de 1400 pessoas e como mandante de jogos utiliza o Estádio Engenheiro Luthero Lopes, que leva em torno de dois dias para ser preparado para o futebol americano. Todo o trabalho é realizado pelos próprios atletas.

Quem desejar conhecer mais sobre o esporte tem a oportunidade, neste sábado dia 18 de março às 18hs todos ao Luthero Lopes para vibrar e torcer pelo Rondonópolis Hawks.

A entrada é um kg de alimento não perecível.

Avante Rondonópolis Hawks!

 

 

Redação

 

Este material pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sempre citando o link: www.marretaurgente.com.br.

 

Talvez você também goste

Destaques

A CARTINHA,OS SENADORES E O MEDO DE LULA

Carta Bomba ou Cartinha de Despedida da quase ex-Presidente Dilma, chegou sem efeito aos senadores da república, apenas para comprovar a falta de conexão entre Dilma e os senadores, fato

Marretadas

PREFEITO ELEITO ZÉ CARLOS DO PÁTIO FALA SOBRE O SECRETARIADO

O Prefeito eleito de Rondonópolis, Zé Carlos do Pátio declarou ao Marreta Urgente que até o momento não tem nomes definidos para o secretariado e que será disponibilizado a partir

Mato Grosso

“DENÚNCIA DE CONCESSÃO DE PONTO DE TAXI” É SEM FUNDAMENTO,DIZ VALDIR CORREIA

Circula nas redes sociais a foto de um documento “Alvará De Localização E Funcionamento” em nome de Valdir Correia, Secretário Executivo da Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário do ministério