Rodrigo da Zaeli revisa e sugere alterações no texto do projeto de criação da AGERRON

Rodrigo da Zaeli revisa e sugere alterações no texto do projeto de criação da AGERRON

 

img_1071-1Um projeto para criação de uma agência reguladora dos serviços públicos foi apresentado pelo executivo municipal para votação em regime de urgência na sessão desta quarta-feira (9). Por não haver tempo hábil para análise e estudo do documento, o vereador Rodrigo da Zaeli (PSDB) defendeu a derrubada do Regime de Urgência, fazendo com que o projeto corra conforme os trâmites normais da Casa de Leis. Já na quinta-feira (10), o legislador começou a trabalhar nas sugestões de alteração do texto do documento.

“Não entendo o porquê da criação de uma autarquia para fiscalizar outra autarquia em uma cidade de médio porte como Rondonópolis. A criação vai onerar em R$ 136 mil/mês os cofres públicos só com despesas de funcionários e R$ 2 milhões/ano nas despesas gerais (funcionários e administrativos). Estou, junto à minha equipe, trabalhando na alteração do texto como: derrubar o regime de CLT que está sendo proposto aos servidores da Agência, a quantidade de cargos e os valores pagos aos nomeados”.

Existem leis específicas que tratam das competências das Agências Reguladoras,estamos fazendo uma pesquisa profunda sobre o tema, sendo o conteúdo complexo, pois não usando referências como a lei de criação da ANEEL e da AGEN/MT, além da Lei Federal nº. 9.986/2000 que dispõe sobre a gestão de recursos humanos das Agências Reguladoras. “Não há uma lei específica que nos dê embasamento para julgar se é certo ou errado quanto às competências, portanto não há como justificar certos pontos no texto. Outro ponto polêmico inclusive para os estudiosos sobre o tema, é a questão do mandato de quatro anos, sem dar direito a exoneração e nomeação de novas pessoas. Este tema, muito embora seja tratado em algumas leis, gera discussões quanto a sua legalidade, tendo em vista que concede aos Diretores estabilidade incompatível a cargo público que não seja precedido de concurso”, explica.

Rodrigo da Zaeli fará emendas ao projeto que deve ir para aprovação das comissões e seguir para votação em plenário. Esse trâmite deve durar cerca de trinta dias. O vereador lembrou que o apelo popular feito na Casa de Leis foi importante para a derrubada da urgência. “A população está de parabéns. É necessária a participação de todos em projetos como este. É importante discutirmos com todos o teor e se a criação desta agência de fato vai contribuir com a comunidade de forma geral. Se o objetivo da criação de Agência de Regulação é aproximar a população da prestação de serviços públicos de qualidade, não seria correto que esta participasse do trâmite?”, conclui.

 

THÂMARA CARVALHO

Assessora de Comunicação

 

Talvez você também goste

Política

ENTENDA COMO THIAGO SILVA SERÁ PRESIDENTE DA CÂMARA DE VEREADORES

Thiago Silva (PMDB) o vereador mais votado na última eleição com 3.264 votos, será provisóriamente até a eleição da nova mesa diretora da câmara o Presidente interino. O cerimonial funcionará da seguinte

Mato Grosso

VEREADOR RODRIGO DA ZAELI FISCALIZA OBRAS NO PADRE RODOLFO

O vereador e presidente da Câmara de Rondonópolis, Rodrigo da Zaeli (PSDB), e o Secretário Municipal de Habitação, Paulo José Correia, visitaram as obras das Unidades de Saúde e Educação,

RONDONÓPOLIS

MOTOCAR INAUGURA NOVA LOJA PARA ATENDER REGIÃO DA GRANDE OPERÁRIA

Após ter criando um novo horário de atendimento diferenciado do tradicional horário comercial. O empresário Pedro Cavalcante Brito “PEDRINHO” proprietário da Motocar Motos Pecas e Serviços resolveu investir pesado no