PISO DO CAMAROTE “BAR DAS COLEGUINHAS” DESABA E GERA CONFUSÃO

PISO DO CAMAROTE “BAR DAS COLEGUINHAS” DESABA E GERA CONFUSÃO

Reclamações foram constantes nas redes sociais

As redes sociais receberam uma verdadeira enxurrada de reclamações, sobre a organização de um show que aconteceu na sexta feira (17) em Rondonópolis.

A indignação tomou conta de quem foi até o Parque de exposições, para assistir o show “Bar das coleguinhas”  das cantoras Simone & Simaria, não pelas cantoras que realizaram uma boa apresentação, a revolta se deu  contra os organizadores que deixaram a desejar na estrutura do evento.

Segundo informações aconteceu de tudo, desde brigas e confusões  até camarote caindo, além de muita reclamação com relação às bebidas que segundo os participantes estavam quentes, além de que na área Vip Open Bar às bebidas não foram suficiente, pois acabaram antes do show começar.

Como estava escrito no slogan do convite “Pela primeira vez em Rondonópolis” é preciso cuidar para que não seja a última, afinal sendo assim acreditamos que as cantoras até receberão novo convite, mas com certeza o público não irá comparecer.

Uma boa oportunidade para que os produtores do evento revejam seus projetos e planejamento e ofereçam uma nova estrutura no próximo evento.

 

Por enquanto Marreta Neles!

 

Talvez você também goste

Política

VEREADOR SIDNEI “COLHE OS FRUTOS” DE QUANDO FOI SECRETÁRIO DE ESPORTES DO MUNÍCIPIO

O vereador Professor Sidnei Fernandes (PDT), continua colhendo frutos de sua gestão como secretário de Esportes no governo Percival Muniz (PPS). A cidade de Rondonópolis será contemplada com a construção

Brasil

NÃO SALVA NINGUÉM: DELAÇÕES ENVOLVEM MEMBROS DO JUDICIÁRIO

Delatores da Odebrecht citaram em seus depoimentos nomes de integrantes do poder Judicário. No entanto, o relator da Lava jato no Supremo Tribunal Federal, o ministro Edson Fachin, guarda em

Mato Grosso

“ RONDOFOLIA” VAI GERAR IMPACTO POSITIVO NA ECONOMIA DO MUNICÍPIO

Um levantamento realizado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) do Rio de Janeiro, indica que o Carnaval no Brasil tem impacto direto e indireto em vários segmentos da economia. A geração