HOSPITAL QUEBRA REGRAS E REALIZA ÚLTIMO DESEJO DE PACIENTE: UM CIGARRO E UMA TAÇA DE VINHO

HOSPITAL QUEBRA REGRAS E REALIZA ÚLTIMO DESEJO DE PACIENTE: UM CIGARRO E UMA TAÇA DE VINHO

Carsten Flemming Hansen, de 75 anos, não tinha mais opções de tratamento

O Hospital Universitário de Aarhus, na Dinamarca, quebrou o protocolo para realizar o último desejo de Carsten Flemming Hansen, de 75 anos, paciente em situação terminal internado com um aneurisma na aorta e hemorragia interna. Sem opções de tratamento, os médicos previram que Hansen morreria em dias ou horas, e garantiram uma morte “digna”, servindo um cigarro e uma taça de vinho.

Pelas regras do hospital, o fumo é proibido, mas as enfermeiras que tratavam de Hansen decidiram desafiar as normas e levaram o paciente numa cadeira de rodas até uma varanda. Lá, ele realizou seu último desejo de fumar um cigarro e beber uma taça de vinho branco gelado, enquanto observava o pôr do Sol.

O fato foi registrado pela página do hospital no Facebook na última sexta-feira, dia em que Hansen faleceu, e teve mais de 70 mil curtidas e quase 5 mil compartilhamentos. De acordo com as enfermeiras, a família concordou que numa situação como essa, os últimos desejos eram mais importantes que qualquer tipo de tratamento.

“Foi um ambiente muito acolhedor e relaxado”, disse a enfermeira Rikke Kvist, em publicação no Facebook. “É claro que os familiares estavam afetados pelo fato de que ele iria morrer, e estavam tristes”.

 

 

Fonte:o globo

Talvez você também goste

Política

GALLI, BOLSONARO E FELICIANO SE UNEM CONTRA LEI DE MIGRAÇÃO

No último dia 18 de abril, o senado aprovou o Novo Estatuto da Migração. O projeto de autoria do senador Aloysio Nunes (PSDB-SP) recebeu 43 votos favoráveis e 4 contrários.

Destaques

CRATERA ENGOLE CAMINHÃO DE ENTREGAS

Um caminhão de entregas da empresa Pré-moldado Rondonópolis, caiu em um buraco na Rua Waldemar da Silva Pinto no Bairro Jardim Residencial Carlos Bezerra no início da manha desta quinta

Notícias

Cortaram a água? Veja se tudo foi feito dentro da Lei

As consequências jurídicas do corte de água, inclusive nas situações de atraso por culpa do consumidor e as situações atípicas decorrentes desse fato. Ocorre o seguinte: Imagine uma sexta-feira de