FUTEBOL AMADOR PEDE SOCORRO!

GRAMADO EM PÉSSIMAS CONDIÇOES AUMENTA RISCO DE LESÕES

O Futebol Amador, sempre ativo na cidade de Rondonópolis tem no Bengalão um campeonato importante, principalmente para os atletas acima de 45 anos e as partidas são realizadas no miniestádio Pinheirão, na Vila Operária.

O que preocupa a todos, sobretudo aos  participantes são as condições do gramado, que está em péssimo estado e com isso além de dificultar o espetáculo faz com que a incidência de lesões nos atletas aumente.

Um dos atletas da equipe Canarinho disparou:

“ É pura maldade com a história do futebol amador, chega a ser desumano como as administrações tratam com descaso a questão de preservação do estádio e do gramado”.

Existem informações de que até mesmo a fiação de iluminação do miniestádio foi furtada e isso tem acontecido com certa frequência.

A reclamação dos atletas é procedente, uma vez que com campos em conservação e bom estado irá atrair novos jogadores, que na maior parte acabam não participando por conta do medo de lesões graves.

A cobrança sobre a secretária de Esportes do município, é no sentido de garantir a preservação do gramado. Para que o estádio Pinheirão volte a atrair os principais atletas e as agremiações da cidade, medindo forças em torneios inesquecíveis e colaborando para o fortalecimento esporte amador.

 

 

Por Marcelo Duarte