FOTO SENSUAL DE JANAÍNA RIVA GERA POLÊMICA ENTRE DEPUTADA E  SECRETÁRIO DE TAQUES

FOTO SENSUAL DE JANAÍNA RIVA GERA POLÊMICA ENTRE DEPUTADA E SECRETÁRIO DE TAQUES

O secretário de Estado de Comunicação, Kleber Lima, afirmou que a deputada Janaína Riva (PMDB) faltou com decoro ao publicar uma fotografia em trajes íntimos nas redes sociais. No último domingo, minutos depois do programa Fantástico, da TV Globo, ter veiculado a reportagem que denunciou um esquema de grampos ilegais em Mato Grosso, o secretário enviou a foto da deputada, que havia viralizado no WhatsApp na semana passada, para sua lista de contatos pessoais seguida da frase “Quem iria invadir a intimidade da ilustre deputada se ela mesma o faz?!”

A mensagem gerou polêmica e houve quem acusasse Kleber de machismo. A deputada registrou um boletim de ocorrência na Delegacia da Mulher contra o secretário.

“Quem teria interesse de expor a privacidade da deputada se ela própria o faz? Onde é que está o machismo nisso? Podia ser homem. Podia ser o Jajah de calcinha cor-de-rosa. Seria feminismo porque o Jajah é homem?”, continuou, em referência ao deputado estadual Jajah Neves (PSDB). “Recebo todos os dias memes do governador, inclusive vejo ela [Janaína] falando coisas absurdas sobre o governador que é autoridade máxima do Estado. E aí? Ela pode porque ela é mulher?”

“Se teve alguma quebra de decoro foi dela que é deputada estadual e manda nudes para alguém no meio da tarde”

Janaína, um advogado da área eleitoral, um desembargador, um jornalista e outras pessoas tiveram os telefones grampeados clandestinamente por policiais militares que, segundo a denúncia do promotor Mauro Zaque, teriam agido com o conhecimento do governador. Pedro Taques diz que não tinha conhecimento do caso.

Afastamento

Em resposta à mensagem de Kleber Lima, Janaína escreveu uma postagem em seu perfil no Instagram: “Estarrecida com o machismo imposto. O secretário usa uma foto pessoal minha para justificar os grampos ilegais feitos pelo governo do Estado”, escreveu. “Como mulher e cidadã de Mato Grosso, vou exigir o afastamento desse secretário misógino”.

“Qual crime cometi nesse caso?”, questionou Kleber. “Não fui eu quem tirou a foto, não estava com ela naquele momento de intimidade. Não foi para mim que ela mandou a foto. Não tirei, não vazei, não publiquei em nenhum grupo. Apenas encaminhei a foto, que já era de conhecimento público, para pessoas da minha lista privada de contatos. Quem printou isso e colocou nos grupos foi a própria deputada e a assessoria dela”.

Para o secretário de Comunicação, o fato de Janaína ter enviado fotos íntimas por aplicativos de mensagens constitui falta de decoro parlamentar. “Se teve alguma quebra de decoro foi dela que é deputada estadual e manda nudes para alguém no meio da tarde”, disse Kleber. “Não é minha”. Questionado se a fotografia, na qual Janaína aparece vestida com roupas íntimas, poderia ser considerada nude, o secretário afirmou: “Ela está semi-nua, de baby doll, se aquilo não for nudes…”.

“O secretário usa uma foto pessoal minha para justificar os grampos ilegais feitos pelo governo do Estado”

“Ela publica fotos na balada, com os olhos vermelhos, mamada, e eu tenho que bater palma para isso? Ela é deputada estadual. Eu não acho legal um deputado, secretário de Estado ou autoridade se expor dessa maneira. Agora, isso não é problema meu”, disse Kleber, antes de anunciar um recado direto à Janaína: “Deputada, se a senhora tem preocupação com sua imagem, se preserve então”.

Governador discorda

Em evento de comemoração do aniversário de Várzea Grande nesta segunda-feira (15), o governador Pedro Taques disse não compactuar com a atitude de Kleber Lima de enviar para contatos pessoais a foto de Janaína Riva, seguida de uma crítica. Questionado se concordava com o argumento do secretário, Taques respondeu: “Em absoluto. Grampo é coisa gravíssima. Tem que ser investigado. Independente de seja lá quem for”.

Na tarde de ontem, a Assembleia Legislativa, na figura de seu presidente, Eduardo Botelho (PSB), enviou ato de desagravo em desfavor de Kleber Lima ao gabinete do governador. “É entendimento desta Casa de Leis que o Sr. Secretário procedeu de modo indigno e incompatível com o cargo que ocupa quando divulgou através de mídias sociais, mais especificamente grupos de WhatsApp, post contendo foto íntima da Sra. Deputada Janaína Riva”, diz um trecho. “Esta casa repudia veementemente a atitude (…) solicitando inclusive um pedido formal de desculpas do Sr. Secretário”.

 

Talvez você também goste

Destaques

SANEAR DIZ QUE VÍDEO DO RIO VERMELHO NÃO É DE ESGOTO SEM TRATAMENTO

Desde segunda-feira (10) está circulando nas redes sociais, imagens ao longo do Rio Vermelho, onde a autora do vídeo mostra em determinado local, o despejo de um líquido. Com sua

Polícia

CARTA MOSTRA QUE PAI ESTUPRAVA FILHAS EM MT

Uma criança de 12 anos denunciou que as suas duas irmãs, de 11 e 15 anos, eram estupradas pelo pai, em uma fazenda na região de Araguaiana, a 570 km

RONDONÓPOLIS

“SEM CONDIÇÕES DE ELEGIBILIDADE NÃO PODERIA OCUPAR A CADEIRA DE VEREADOR” DIZ ADVOGADO

Paulo Cesar de Oliveira, advogado do suplente de vereador de Rondonópolis, Júnior Mendonça (SD), que requereu a extinção do mandato do vereador Juary Miranda de Moraes (SD).Concedeu entrevista a radio