BEBÊ DE RONDONÓPOLIS QUE NASCEU APÓS MORTE DA MÃE RECEBE ALTA

BEBÊ DE RONDONÓPOLIS QUE NASCEU APÓS MORTE DA MÃE RECEBE ALTA

Luiza Vitória nasceu após morte da mãe e foi salva pela equipe do SAMU

Médica Luciana Horta segura nos braços Luiza Vitória

Nesta quarta-feira (5) uma boa noticia, Luiza Vitória a bebê que nasceu no dia 17 de fevereiro após um parto de emergência depois que a mãe Iolanda Pimentel morreu ao passar mal em casa.  Recebeu alta da Santa Casa de Rondonópolis (MT) e foi entregue aos cuidados do pai e a avó.

O final feliz foi possível porque a Médica do Samu, Luciana Abreu Horta, fez Cesária e salvou bebê após a morte da mãe.

“Quando chegamos ela estava em uma cadeira e já tinha sinais de morte, não apresentava pulso. Eu pedi permissão [aos familiares] para tentar uma abordagem e salvar o neném. Foi muito rápido e a pressão foi muito grande. Emocionante tomar uma decisão dessas, perante a família, em uma situação de resgate. Foi iluminação de Deus”. Disse a médica.

Na despedida a emoção tomou conta de toda a equipe de atendimento da Santa Casa de Misericórdia e Maternidade de Rondonópolis em um momento que entrou para a história da cidade.

Apesar da lamentável situação onde a mãe faleceu, uma esperança renasce com a chegada da bebe ao lar que será motivo de alegria aos familiares onde receberá com certeza todo o amor e carinho.

 

Redação

Talvez você também goste

Polícia

REBELIÃO NO PRESÍDIO FERRUGEM EM MT

Dois detentos foram mortos na rebelião que está acontecendo no Presídio Ferrugem em  Sinop-MT. Um grupo com cerca de 100 detentos iniciou uma rebelião na manhã desta terça-feira (11) em

Brasil

LULA VAI FUGIR…..

Lula prepara um golpe, diz o Estadão: “O Estado brasileiro é ilegítimo, está a serviço de interesses estrangeiros e por isso não tem moral nem autoridade para julgar e botar

RONDONÓPOLIS

QUEM GANHOU E QUEM PERDEU?

Confira seis dicas para reconquistar os amigos, aliviar o clima com colegas de trabalho e voltar às boas no namoro depois das discussões eleitorais Política se discute, sim. Diferente de