ALUNO QUE PASSOU MAL CONSUMIU BEBIDA ALCOÓLICA FORA DA ESCOLA,AFIRMA DIRETOR

ALUNO QUE PASSOU MAL CONSUMIU BEBIDA ALCOÓLICA FORA DA ESCOLA,AFIRMA DIRETOR

Diretor João Gonçalves de Araújo Neto

Após a repercussão do fato de um menor ter consumido bebida alcoólica, fora da Escola Prof.ª Eunice Souza dos Santos em Rondonópolis , quando desmaiou e passou mal, tendo sido atendida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

O diretor João Gonçalves de Araújo Neto, conversou com a reportagem do Marreta Urgente e explicou toda a situação, que ocorreu durante a festa Julina no sábado dia (8).

Segundo explicou, um grupo de Cinco alunos combinou a compra das bebidas alcoólicas no dia anterior a festa e esconderam na residência de um deles, sem o conhecimento do pai, e antes de começar o evento começaram a consumir na rua e terminaram em uma praça ao lado da escola.

Por volta das 15h um dos alunos de 13 anos, passou mal dentro da escola e desmaiou, sendo providenciado imediatamente o socorro médico.

A escola já identificou os alunos e já fez comunicação aos pais, sobre ocorrido.

Os pais ficaram impressionados com toda a situação, pois não tinha conhecimento do que os filhos estavam planejando”.

Há 25 anos na profissão o diretor e professor Joao Araújo neto, ficou muito perplexo com a situação que expos negativamente a imagem da escola.

” Tínhamos segurança na festa e a certeza que dentro da escola não entrou absolutamente nenhuma de bebida alcoólica. No entanto não tem como controlar a parte externa e foi o que aconteceu.” Declarou o diretor.

O diretor ficou indignado com o vídeo divulgado em redes sociais.

“A pessoa que divulgou, não teve o cuidado de perceber que estava com este vídeo denegrindo a imagem da escola que presta um serviço de qualidade a comunidade”. Disse João.

A reportagem já havia publicado na matéria anterior que a bebida alcoólica, foi consumida fora dos portões da escola.

“A escola Eunice tem bom conceito junto à comunidade com serviços prestados e temos que valorizar a instituição, pois mesmo essa situação ocorrendo fora da escola, acaba tornando um ponto negativo na imagem”. Concluiu o diretor.

A escola emitiu nota oficial , que reproduzimos a seguir:

                                            NOTA DE ESCLARECIMENTO

 

A Instituição Escola Profª Eunice Souza dos Santos, localizada no bairro monte Líbano, Rondonópolis-Mt, vem através deste demonstrar sua INDIGNAÇÃO E REPUDIAR as notícias vinculadas sobre os acontecimentos da sua festa julina no sábado 08/07/17, período vespertino.

 Conforme o que foi vinculado, alunos consumiram bebidas alcoólicas no interior da escola. Essa informação não procede, pois as informações levantadas posteriormente e registradas em ATA, um grupo de 5 alunos compraram essas bebidas no dia anterior, esconderam na residência de um deles, sem o conhecimento do pai, e antes de começar o evento começaram a consumir na rua e terminaram em uma praça ao lado da escola. Um dos menores que consumiu passou mal dentro da escola e desmaiou sendo acionado o SAMU pela instituição.

A escola em nenhum momento vendeu bebida alcoólica ou facilitou sua entrada no espaço escolar, sendo que na portaria haviam seguranças. Após o atendimento médico feito pelo SAMU ao aluno, a escola ficou sabendo que os mesmos haviam consumido bebidas alcoólicas, conforme informações repassadas pelos seus colegas. Imediatamente a escola entrou em contato  com os pais/responsáveis, acionou a polícia militar e  também o plantão do Conselho Tutelar, tomando todas as providências orientadas. Em nenhum Momento, conforme depoimento dos alunos envolvidos e testemunhas e com registro em ATA, esses alunos consumiram bebidas no recinto escolar.

Fica a INDIGNAÇÃO DA INSTITUIÇÃO pelo vídeo feito sem autorização e expondo os alunos da escola, com comentários sem o mínimo de informação. Fica a INDIGNAÇÃO na facilidade desses menores ao acesso à bebida alcoólicas. São situações que a escola se sente IMPOTENTE, pois apenas ela enquanto instituição educativa não está conseguindo sobreviver a todas essas mazelas.

Essa instituição comemora 30 anos em 2017, pautada sempre na ética, no respeito, na inclusão e no compromisso com a qualidade educativa perante sua comunidade. Todas as providências éticas e jurídicas necessárias para resguardar a instituição e seus alunos serão tomadas conforme orientação do Conselho Tutelar e Assessoria Pedagógicas do município.

                                               João Gonçalves de Araújo Neto

                                                             DIRETOR

 

 

Talvez você também goste

Destaques

Cortaram a água? Veja se tudo foi feito dentro da Lei

As consequências jurídicas do corte de água, inclusive nas situações de atraso por culpa do consumidor e as situações atípicas decorrentes desse fato. Ocorre o seguinte: Imagine uma sexta-feira de

Notícias

EDUCAÇÃO: GRUPO NACIONAL DE ENSINO BUSCA RONDONÓPOLIS PARA EXPANSÃO

O setor de educação deverá se fortalecer ainda mais no município com a possível vinda do Instituto Presbiteriano Gammon, um grupo nacional que atua nos ensinos infantil, fundamental e médio

RONDONÓPOLIS

Rogério vai por fim aos pernoites obrigatórios em PSFs para conseguir consultas e exames

Uma das questões mais abordadas e reivindicadas pela população durante as andanças do candidato Rogério Salles – 45 da coligação “Rondonópolis merece mais”, pela cidade, é quanto às filas e