11 direitos atuais que as mulheres não tinham no século passado

11 direitos atuais que as mulheres não tinham no século passado

5b099aac-b164-49d9-b19e-db4706fac8d6Todo mundo sabe que homens e mulheres sempre se diferenciaram não apenas pelo quesito biológico, mas também pelas questões sexuais.
Pensando exatamente nisso, nós aqui da Fatos selecionamos e copilamos os 11 direitos cruciais que nós mulheres temos hoje em dia, e que as nossas mães e avós não puderam desfrutar. Confira!

1- Direito de ser casada e poder trabalhar fora
970efb3d-370f-45b1-9054-0a3191954d37

É isso mesmo, as mulheres casadas só podiam exercer trabalho remunerado caso o seu marido autorizasse, essa limitação foi estipulada em 1916, pelo código civil que surgiu para substituir a legislação portuguesa. Por outro lado, ela só foi banida já no ano de 1962. Dá para imaginar?

2- Direito de votar e poder se candidatar
02aed613-38e9-40d5-8bfb-743759213d69

No Brasil as mulheres só passaram a votar após o ano de 1932, antes dessa data as mulheres não só eram proibidas de votar como consequentemente de se eleger.

3- Direito de frequentar escola e futuramente uma universidade
b14f0543-aeab-443e-b389-6b9f9f140f47

Foi no ano de 1827 que surgiu a primeira lei sobre a educação de mulheres, que a partir dessa data conquistaram o direito de frequentar o ensino básico, foi apenas no de 1979 por outro lado, que esse direito se estendeu também ao ensino superior, permitindo desse modo, que as mulheres juntamente com os homens frequentassem uma universidade.

4- Licença maternidade
aqui
Como não havia nenhuma lei voltada para a situação das mulheres grávidas que trabalhavam no mercado formal, muitas empresas aproveitavam dessa brecha, para simplesmente demiti-las. Porém com o surgimento da lei que garante 180 dias de licença, as mulheres conquistaram o direito de passar um tempo com seus bebes, além de cuidarem de si mesmas nesse período.

5- Direito de participar de olimpíadas
b6080b06-16df-4cc7-b1f0-13e25bb0aacb
Apenas homens podiam praticar certos tipos de esportes como o futebol por exemplo, e consequentemente participar de olimpíadas representando nosso país. Foi ano de 1948 que a delegação de atletas foi composta por 11 mulheres e 68 homens que disputaram as olimpíadas em Londres.

6- Direito de usar o traje de banho que desejarem
dois
No Brasil a regra foi estipulada durante o governo de Jânio Quadros no inicio dos anos de 1960. Para fiscalizar os banhistas, as mulheres eram submetidas a fiscalização feita com fitas métricas, caso o cumprimento de suas roupas não estivessem de acordo com a lei, elas eram imediatamente convidadas a se retirar do local.

7- Feminicídio ser considerado crime hediondo
No ano de 2015, o crime de feminicídio, aquele que ocorre em decorrência da vítima ser do sexo feminino, se tornou um crime hediondo em nosso país. Isso significa dizer, que a partir desse momento, o criminoso que cometer algum crime de ódio contra mulheres pagará uma pena mais alta, do que a que pagaria se tivesse cometido um crime por outro motivo.

8- Estupradores não escaparem de sua pena, caso se casassem com a vítima
No ano de 1982 Lucineide Souza Santos, quando ainda muito jovem foi estuprada por um homem de 35 anos na cidade de Guarulhos. Após a ocorrência do crime, seu pai ficou escandalizado pelo fato da filha não ser mais virgem, o que ocorreu em seguida? Seu pai decidiu que preferia ver a filha casada com o criminoso, do que apenas manda-lo para a prisão.

Existia portanto, uma brecha na lei, que permitia que estupradores escapassem de suas sentenças caso entrassem em uma relação de matrimonio com a vítima. Para a infelicidade de todos, Lucineide ficou 11 anos casada com seu estuprador, só conseguindo se separar muito tempo depois.

9- Direito de ter um cartão de crédito
Sim, as mulheres ainda sofrem com a diferença salarial por questão de gênero, porém na década de 170 por exemplo, as mulheres solteiras ou divorciadas que realizavam a solicitação de um cartão de crédito, eram obrigadas a levar um homem para assinar por elas o termo de uso, uma vez que elas eram proibidas de fazer isso por si mesmas.

10- Direito de usar anticoncepcionais
Apenas no ano de 1972, que o governo americano autorizou o uso de anticoncepcionais para suas cidadãs, antes dessa data a manipulação do medicamento era proibida por uma questão de tabu.

11- Fumar em locais públicos
O tabagismo durante muito tempo foi visto com um habito de masculinidade, algo elegante e que era praticado por pessoas de condição financeira elevada. Mas por outro lado, as mulheres eram proibidas de fumar em locais públicos. Apenas no ano de 1927 essa lei foi revogada.

Talvez você também goste

Destaques

VICTOR SANTOS DESPONTA NO COMANDO DO PROGRAMA “RONDONÓPOLIS VERDADE”

Há pouco mais de 70 dias comandando o programa “Rondonópolis Verdade”, o apresentador Victor Santos a cada dia que passa demostra maior maturidade e se consolida como um dos grandes nomes

Brasil

EMPRESÁRIO LUCRA COM REJUVENESCIMENTO E MUDA RAMO DE ATIVIDADE

A marca americana de produtos antienvelhecimento Jeunesse, que chegou ao Brasil há pouco tempo. Está transformando a aparência e a vida de muitos literalmente. A ponto de alguns empresários mudarem

Variedades / Entretenimento

FESTA DO TRABALHADOR SUCESSO EM RONDONÓPOLIS

Festa do Trabalhador como sempre foi um sucesso de público e organização, uma importante homenagem do Sistema Federação das Indústrias no Estado de Mato Grosso (Sistema Fiemt) /SESI para o